...

Terminei de assistir divertidamente e a primeira pergunta que me fiz foi: Era necessário essa continuação? Não é que eu não tenha gostado do filme, mas por estarmos vivendo em uma época em que tudo é: spin off ou continuação. Mas bora lá falar sobre o que achei de Divertida Mente 2.

O primeiro filme de Divertida Mente é um dos maiores sucessos da Pixar e lógico que o segundo iria seguir a mesma fórmula, porém com novas emoções. Em Divertida Mente 2, novamente estaremos na mente de Riley, que agora tem 13 anos e entrou na puberdade.

Alegria está no controle das emoções e aprendeu a dividir melhor as funções ao lado de seus amigos: Tristeza, Nojinho, Raiva e Medo. Entretando, tudo se transforma em caos novamente quando novas emoções surgem na sala de comando. A líder do grupo de novatos é a Ansiedade que está determinada a não deixar que nada de errado no futuro de Riley.

O que esperar de Divertida Mente 2?

Você pode esperar de Divertida Mente 2 uma história mais profunda que busca falar sobre as emoções que atualmente tomam conta das nossas vidas, principalmente dos jovens. O filme mostra que mesmo essas emoções tendo certo controle nas nossas escolhas, nos temos o livre-arbítrio de segui-las ou não. Afinal, nossas convicções somos nós que criamos.

Além de falar sobre emoções e amadurecimento da Riley, Divertida Mente 2 trata muito sobre lealdade e amizade. Até porque a protagonista está passando por aquela fase chata em que você está se descobrindo e tentando encontrar o seu lugar no mundo.

Não espere aquela animação engraçadinha. Tem alguns momentos de alívio cômico, que na maioria das vezes o Raiva nos proporciona, (eu particularmente amo o Raiva!) mas não é o tempo todo.

Aliás, conhecemos um novo lado do nosso quinteto favorito. Descobrimos uma Alegria que sente raiva, Uma Tristeza corajosa, um Raiva que consegue ser fofo., uma Nojinho que supera suas manias e um Medo aventurei. É muito gostoso ver esse lado deles.

Divertida Mente é tudo isso que estão dizendo?

O filme é lindinho, bem produzido, a renderização está perfeita, porém alguns pontos me pegaram muito. Não vou dizer que é um filme ruim, mas no meu ponto de vista não achei tudo aquilo que estão falando.

A Ansiedade foi uma personagem que me incomodou por completo, começando pela dublagem. Eu amo a Tatá Werneck, mas eu acho que a voz dela é tão caricata que eu não conseguia enxergar a Ansiedade ali. Diferente dos outros personagens, que mesmo com atores dublando, tinha a identidade do personagem ali e eu não consegui identificar isso na Ansiedade.

Entretanto, o que realmente me pegou foi a Ansiedade ser uma mistura de egoísmo com maldade. Eu senti poucos momentos em que realmente ali era a emoção de ansiedade. E durante a exibição do filme eu acho que o meu divertida mente no controle era a Raiva, porque era só isso que eu conseguia sentir. Entendo que eles tentaram mostrar a Ansiedade como uma emoção “protetora” e “preocupada”, mas senti que eles pesaram muito na mão.

Por outro lado, Inveja, Tédio e Vergonha foram as melhores emoções acrescentadas. A inveja e Ansiedade estavam no mesmo time comandando o controle. Talvez por isso o egoísmo tomou conta da Riley durante todo o filme. Tédio tinha as melhores falas e realmente sabia tirar a Riley de algumas situações constrangedoras. Vergonha é a coisa mais fofinha do mundo. E a futura amizade de Vergonha e Tristeza foi o ponto alto pra mim no filme!

Conclusão

Se eu pudesse definir em uma emoção o filme todo acho que realmente seria Ansiedade. Porque boa parte do tempo o filme me deu uma ansiedade. Que não consigo nem explicar.

Em resumo posso dizer que Divertida Mente 2 é a combinação de todas as emoções. Acredito que esse seja justamente o ponto do filme, que quando combinamos esses sentimentos/emoções construímos as nossas convicções.

Vale apena conferir Divertida Mente 2 nos cinemas, talvez não seja tudo aquilo que você espere, mas… boas reflexões você irá tirar dele.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Livros para o Dia do Orgulho LGBTQUIAPN+ Filmes de romance icônicos na MAX Filmes de romance com Glen Powell Lista com todos os filmes com Barry Keoghan Fantasias que são volume único Doze indicações da Intrínseca para o Dia do Orgulho Geek Séries para quem amou Maxton Hall Bridgerton (3ª): O esperar da parte dois? Séries para você assistir no Dia das Mães As Melhores Trilhas Sonoras de Todos os Tempos Filmes de terror para assistir em maio 2024 FANFICS QUE VIRARAM FILMES PRODUÇÕES SOBRE FÓRMULA 1 A verdade sobre Bebê Rena Rota literária: conheça o aplicativo para leitores Top Filmes com ex-RBD FILMES DA TRILOGIA X DIRIGIDOS POR TI WEST Filmes originais da Netflix que são adaptações literárias