...
The Alienist poster

É um fato que o espectador fica maravilhado quando aparece um seriado de época que o leva através de uma incrível e fiel direção de arte que compõe meticulosamente cada ambiente. Interiores e exteriores carregados de antigos objetos de cena, charmosas vestimentas e tudo aquilo que estamos acostumados. Porém, a maioria delas são produzidos pelos britânicos, que são mestres em relembrar a história. Mas a série The Alienist é integralmente americana, e busca retratar a cidade de Nova Iorque durante o ano de 1986, quando uma onda de assassinatos de meninos prostitutos começa a ocorrer.

Com a irresponsabilidade do departamento de polícia da cidade, quem assume a investigação é um trio de especialistas formado pelo alienista Laszlo Kreizler (Daniel Brühl), o ilustrador jornalístico John Moore (Luke Evans) e Sara Howard (Dakota Fanning), a sagaz e destemida secretária do até então comissário de polícia, Theodore Roosevelt (Brian Geraghty). Os três passam a elaborar um método de pesquisa responsável por desenvolver as primeiras técnicas da psicologia na investigação criminal, fazendo do possível e do impossível, do legal e do ilegal para encontrar o assombroso serial killer.

A trama é evoluída com fortes bases no terror psicológico e é contada de maneira dinâmica no decorrer dos episódios, para não cansar com várias informações técnicas e discussões aprofundadas sobre a psicologia do assassino. Não faltam também frases de efeito que nos provocam questionamentos sobre o que somos, como agimos, e por quê. A série possui, sim, algumas insuficiências narrativas, como arcos mal resolvidos ou até mesmo sua falta de coesão da história como um todo. Entretanto, os roteiristas sabem como fazer o público permanecer ansioso através de uma atmosfera específica de suspense em torno dos personagens, que, sendo a maioria deles muito bem formulados com qualidades e defeitos, sabem onde criar a identificação.

Além de uma história principal que cativa, o que chama a atenção da série são seus personagens. O protagonista, Dr. Kreizler, é provavelmente o mais interessante de todos. Astucioso, inteligente e ousado, porém também orgulhoso, provocativo e muitas vezes desumilde, ele oculta sua sensibilidade por trás de uma máscara intelectual. Enquanto isso, John Moore é dotado de masculinidade, mas não exatamente de maneira estereotipada e sem escrúpulos. Possui uma alma receptiva e acolhedora. Sara Howard é uma ambiciosa e dedicada jovem que representa a primeira mulher a ingressar no departamento de polícia de Nova Iorque. A série sabiamente usa a personagem para expor o preconceito e o fortíssimo machismo da época, que colocava a mulher como um mero sexo frágil incapaz de atividades até então “masculinas”.

Luke Evans encontra aqui um papel sem esforços, mas importante para a história. Já o show fica por conta de Daniel Brühl e Dakota Fanning, que individualmente estão bastante interessantes, sendo que ambos transmitem sentimentos com olhares, expressões e diálogos muito bem escritos que só têm a complementar na exímia caracterização dos personagens. A série transmite uma linguagem audiovisual impecável, desde o design de produção – que dispensa comentários -, à fotografia, que com uma estética de câmera fluida e cenários escuros de baixa iluminação, ressalta os becos corruptos e tenebrosos das noites nova-iorquinas. Além da sua montagem variada, que propõe cortes rápidos em cenas aceleradas de perseguição, e opta por cortes mais precisos em planos mais demorados, valorizando o suspense da trama e a tensão momentos exatos.

Pode não ser a melhor série de todos os tempos, porém possui um elenco de peso e uma equipe pra lá de competente. The Alienist consegue retratar uma nova perspectiva aos thrillers psicológicos, contando sua história de formação nos EUA. Além de ser bem produzida e escrita, pode surpreender o público na sua primeira temporada e, quem sabe, na segunda.

Bridgerton (3ª): O esperar da parte dois? Séries para você assistir no Dia das Mães As Melhores Trilhas Sonoras de Todos os Tempos Filmes de terror para assistir em maio 2024 FANFICS QUE VIRARAM FILMES PRODUÇÕES SOBRE FÓRMULA 1 A verdade sobre Bebê Rena Rota literária: conheça o aplicativo para leitores Top Filmes com ex-RBD FILMES DA TRILOGIA X DIRIGIDOS POR TI WEST Filmes originais da Netflix que são adaptações literárias Livros com o casal Ídolo e Fã! Filmes que são Dark Fantasy 6 livros da editora Intrínseca para o Dia Internacional da Mulher Histórias de Akira Toriyama Livros com o casal Grumpy x Sunshine FILMES DIRIGIDOS POR HAYAO MIYAZAKI NO STUDIO GHIBLI LANÇAMENTOS IMPERDÍVEIS DA EDITORA VERUS NO MÊS DE FEVEREIRO