Confira Resenha do livro "Sete Mentiras"

Resenha do livro "Sete Mentiras"

Lançado em abril de 2021, pela Editora Suma, “Sete Mentiras” tem uma premissa intrigante e que atrai desde o primeiro instante. Especialmente, para quem é fã de thriller, essa história parecia ter todos os elementos necessários para compor uma narrativa interessante. Mas será que isso realmente acontece dentro da obra? Por isso, vamos falar mais a respeito de “Sete Mentiras”:

Não deixe de conferir: 6 lançamentos literários de 2022 para ficar de olho

Relações obsessivas:

“Sete Mentiras” tem aquela narrativa em primeira pessoa em que somos um pouco reféns do ponto de vista de um personagem. Neste caso, a protagonista, Jane, nos conduz por uma trama em que a amizade atinge níveis doentios. Desde criança, Jane é amiga de Marnie e a intimidade de compartilhar segredos e momento e de crescerem juntas fez com que essa amizade criasse laços fortes. Porém, a personagem tem ciúmes e uma obsessão por sua amiga. Ainda mais, escondendo tanto fatos sobre o que realmente sente e pensa a respeito.

Dessa maneira, dividido em partes, em que cada uma traz uma das mentiras contadas por Jane para Marnie, acompanhamos cada sentimento agoniante de uma mulher que “apenas” quer toda a atenção da amiga pra si. Lembrando sempre que todo o ponto de vista é da própria Jane, apesar de que ela acaba sendo muito sincera e nos contando absolutamente tudo. Devido a isso, incluindo uma chuva de pensamentos pesados, é bem difícil de simpatizar ou entender a personagem. De fato, é ainda mais se tratando dos demais personagens, pois cada um tem uma complicação que é difícil de engolir.

Veja a resenha do livro "Sete Mentiras" da Editora Suma
“Sete Mentiras” foi lançado em abril de 2021, pela Editora Suma

Narrativa sem objetivo:

Em seguida, preciso comentar um pouco sobre a obra em si. A escrita de Elizabeth Kay não ruim, na verdade, é de certo modo boa. Afinal, a narrativa desta história não é linear, já que se alterna entre passado e presente, o tempo todo. Porém, se a gente não prestar bem atenção, é complicado de fixar na mente que estamos em tempos misturados. Tanto que a ambientação de cada capítulo são muito parecidos.

Sem contar que “Sete Mentiras” peca também ao manter o interesse no mistério. Lá pela metade da obra o ponto de virada acontece, mas a trama não consegue manter o ritmo. Dessa forma, fica um lento e enrolado, no qual não consegue  instigar nem manter absorta na leitura. Aliás, deixa várias pontas soltas em relação aos personagens e finaliza a história sem dar pelo menos alguma pista. Ou seja, Kay tinha em mãos uma história com um thriller interessante, mas não soube usar muito bem os elementos.

Conclusão:

Portanto, “Sete Mentiras” fez uma promessa que não cumpriu. As mentiras não são tão relevantes assim e, na minha opinião, não são a causa de tudo que acontece na trama. Sendo que o mistério não instiga, as personagens são difíceis de engolir e não há nada que realmente te convença sobre aquilo que você está lendo. Infelizmente é uma leitura que não alcançou o potencial que tinha para ser um bom thriller.

Top Filmes com ex-RBD FILMES DA TRILOGIA X DIRIGIDOS POR TI WEST Filmes originais da Netflix que são adaptações literárias Livros com o casal Ídolo e Fã! Filmes que são Dark Fantasy 6 livros da editora Intrínseca para o Dia Internacional da Mulher Histórias de Akira Toriyama Livros com o casal Grumpy x Sunshine FILMES DIRIGIDOS POR HAYAO MIYAZAKI NO STUDIO GHIBLI LANÇAMENTOS IMPERDÍVEIS DA EDITORA VERUS NO MÊS DE FEVEREIRO FILMES DE ANIMAÇÃO QUE TAMBÉM SÃO COMÉDIAS ROMÂNTICAS LIVROS SOBRE MITOLOGIA GREGA, ALÉM DE PERCY JACKSON LIVROS QUE LEMBRAM “TODOS MENOS VOCÊ” ONDE ASSISTIR OS INDICADOS AO OSCAR 2024? LANÇAMENTOS DA EDITORA ALT EM 2024 Livros que serão adaptados em 2024 Contos natalinos para você ler no Kindle Unlimited Willy Wonka: Conheça as versões do personagem