...
Confira a resenha Morando com um vampiro

Lançado pela Intrínseca, Morando com um vampiro reúne todos os elementos para conquistar qualquer fã de comédias românticas. Além de contar com seus momentos de ação e drama., dentro de um romance maravilhoso. Portanto, vamos ver mais de Morando com um vampiro:

Leia também- Morando com um Vampiro: A nova comédia romântica paranormal

Sinopse:

Cassie Greenberg é apaixonada por arte, mas está difícil pagar as contas sendo artista. Prestes a ser expulsa de seu atual apartamento, ela precisa encontrar um lugar barato o mais rápido possível. No entanto, quando se depara com um quarto para alugar em uma localização incrível e por um valor baixíssimo, Cassie fica ao mesmo tempo empolgada e receosa ― afinal, por aquele preço, parece bom demais para ser verdade.

Desesperada, ela concorda em morar com Frederick J. Fitzwilliam, o dono do apartamento ― e um sujeito bastante incomum. Ele dorme o dia todo, passa a noite fora e fala como se tivesse saído de um romance de época. Por outro lado… também deixa bilhetes fofinhos para Cassie, se importa cada dia mais com seus projetos artísticos e a trata muito, muito bem. Além de não ficar nada mal sem camisa, diga-se de passagem.

Mas quando Cassie acaba encontrando bolsas de sangue na geladeira, Frederick precisa abrir o jogo: o novo colega de apartamento dela é um vampiro. E tem uma proposta para lhe fazer.

Não perca a resenha do livro Morando com um vampiro

Um livro apaixonante e divertido:

De fato, este é um romance paranormal absolutamente divertido, divertido e excêntrico entre uma heroína peculiar, altruísta e artística e um vampiro muito aberto para mudanças. Aliás, “Como ser colega de quarto de um vampiro e ensiná-lo a se adaptar ao mundo moderno” parece um conceito de comédia hilariante e criativo que eu ficaria feliz em assistir por temporadas.

Ambos os personagens principais são patetas, doces e simpáticos. A química palpável, as notas manuscritas que compartilham, a atração irresistível e as situações embaraçosas em que se colocam são absolutamente dignas de alegria.

Um casal digno de fofura:

Com toda a certeza, o casal cativa do ínicio ao fim. Enquanto que Fedrerick tem uma abertura para o mundo moderno e deseja ser um vampiro melhor, Cassie é determinada e lutar para trabalhar com a área dos sonhos. Por isso, ambos conseguem se entender e deixam o sentimento entrar aos poucos em suas vidas. Mas, acima de tudo, se ajudam com suas dificuldades e questionamentos internos.  Agora, preciso comentar que Reginald é um personagem coadjuvante absolutamente encantador e hilário. As trocas de mensagens entre ele e Frederick foram um grande destaque da leitura.

Não perca a resenha de Morando com um vampiro

Vale a pena ler o livro “Morando com um Vampiro”?

De fato, o livro entrega algo absolutamente agradável, fresca e alegre, aquele que vai trazer um “quentinho no coração”. Apesar do final ter sido bem corrido, não estraga o conceito principal da história. Afinal, uma artista excêntrica e um vampiro do século XVIII podem ser um casal surreal, no entanto, cheio de química e emoção.

 

Filmes de romance icônicos na MAX Filmes de romance com Glen Powell Lista com todos os filmes com Barry Keoghan Fantasias que são volume único Doze indicações da Intrínseca para o Dia do Orgulho Geek Séries para quem amou Maxton Hall Bridgerton (3ª): O esperar da parte dois? Séries para você assistir no Dia das Mães As Melhores Trilhas Sonoras de Todos os Tempos Filmes de terror para assistir em maio 2024 FANFICS QUE VIRARAM FILMES PRODUÇÕES SOBRE FÓRMULA 1 A verdade sobre Bebê Rena Rota literária: conheça o aplicativo para leitores Top Filmes com ex-RBD FILMES DA TRILOGIA X DIRIGIDOS POR TI WEST Filmes originais da Netflix que são adaptações literárias Livros com o casal Ídolo e Fã!