...

Chegamos em setembro, porém já estamos em agosto. Não significa que foi um fracasso a ideia de ler e resenhar dentro do mês, mas foi um pouco de fracasso a expectativa para esse livro.

Setembro Mia larga a vida de acompanhante para cuidar do seu pai no hospital. Assim ela perde o dinheiro do mês e mais o que já tinha, ou seja, sua dívida com o mafioso duplicou.

Mesmo com esse novo cenário, em setembro descobrimos juntos com Mia quem são os verdadeiros amigos que vão está sempre lá para nos ajudar. Também temos a possibilidade de conhecer mais um pouco da irma caçula e do Max, personagem que surgiu no livro anterior.

O enredo desse é um pouco diferente dos demais, principalmente pelo fato da Mia não estar a trabalho. Não que isso seja ruim, a história de setembro tinha tudo para ser agradável e interessante por ser bem diferente do que esperamos, porém existem coisas que incomodam.

Mia está totalmente transtornada pelo sumiço de Wes. Totalmente compreensível, porém a forma que ela se comporta parece a de uma criança mimada que deseja que todos façam a sua vontade porque ela está “mandando”. Gente? Como assim? Não! Isso começou a incomodar loucamente, pois até ontem ela não era ninguém e agora exige coisas.

Estava bem empolgada com a série achando que no final coisas diferentonas iriam acontecer, mas não essa mudança de comportamento chato da Mia. Bom, quem chegou até aqui não custa continuar, não é mesmo?

Bridgerton (3ª): O esperar da parte dois? Séries para você assistir no Dia das Mães As Melhores Trilhas Sonoras de Todos os Tempos Filmes de terror para assistir em maio 2024 FANFICS QUE VIRARAM FILMES PRODUÇÕES SOBRE FÓRMULA 1 A verdade sobre Bebê Rena Rota literária: conheça o aplicativo para leitores Top Filmes com ex-RBD FILMES DA TRILOGIA X DIRIGIDOS POR TI WEST Filmes originais da Netflix que são adaptações literárias Livros com o casal Ídolo e Fã! Filmes que são Dark Fantasy 6 livros da editora Intrínseca para o Dia Internacional da Mulher Histórias de Akira Toriyama Livros com o casal Grumpy x Sunshine FILMES DIRIGIDOS POR HAYAO MIYAZAKI NO STUDIO GHIBLI LANÇAMENTOS IMPERDÍVEIS DA EDITORA VERUS NO MÊS DE FEVEREIRO