...

Chegamos no quarto mês de trabalho da nossa protagonista Mia. Por enquanto a sensação que nos toma é que os livros intercalaram em, um bom, um ruim, um bom, um mais ou menos. Então chegamos em abril no mais ou menos.

Em abril Mia Saunders vai para Boston se passar por namorada do astro de beisebol Mason Murphy para melhorar a imagem do rapaz para os patrocinadores. Mas Mason não está acostumado a ouvir não de mulher alguma, e Mia vai representar o desafio supremo para ele.

Mais um vez não temos as questões da Mia como principal assunto. Os outros personagens são muito mais explorados do que ela sim. Na realidade podemos dizer que acaba livro descobrimos algo novo nas características da Mia baseadas nos outros personagens.

Mason é aquele machista de carteirinha que nem assumir que gosta da sua secretária ele é capaz. Para ele homem mesmo tem que viver nas bósnias da vida pegando todas. Não que esse tipo de pessoa não existe na vida real, pelo contrário, temos aos montes, inclusive muitos no mesmo esportivo. Mas ler as atitudes de Mason foi incrivelmente perturbador e estressante.

Sabe aqueles momentos que você quer tomar o controle na história e dar uns ajustes, para não dizer uns tapas, nos personagens? Então, isso acontece direto com este livro, sério? É enlouquecedor as atitudes do personagem e como de certa forma Mia lida com isso. Por muitas das vezes ela se segura pois precisa do dinheiro, mas é difícil.

“Uma faca afiada entrou fundo no meu coração, mas, mesmo como a dor, eu não conseguia desligar.”

Neste livro também temos referências a antigos personagens, principalmente um dos nossos favoritos, Wes. Dessa vez acabamos tendo um pouco de raiva dele, e de certa forma da Mia. Os dois se encontram em situações delicadas, afinal não é fácil estar “apaixonado” por alguém e essa pessoa servindo de acompanhante de luxo para diversos homens. Wes tem sua pontinha de razão, mas ainda assim dói ver a nossa protagonista machucada.

Mais uma vez encontramos uma história baseada apenas na pura diversão, muitas festas, bebidas e sexo, ok, não chega a tanto quanto em fevereiro. Porém ainda conseguimos tirar algumas situações bonitas e agradáveis, principalmente no final quando Mia faz sua mágica.

O que será que maio irá nos trazer?

Bridgerton (3ª): O esperar da parte dois? Séries para você assistir no Dia das Mães As Melhores Trilhas Sonoras de Todos os Tempos Filmes de terror para assistir em maio 2024 FANFICS QUE VIRARAM FILMES PRODUÇÕES SOBRE FÓRMULA 1 A verdade sobre Bebê Rena Rota literária: conheça o aplicativo para leitores Top Filmes com ex-RBD FILMES DA TRILOGIA X DIRIGIDOS POR TI WEST Filmes originais da Netflix que são adaptações literárias Livros com o casal Ídolo e Fã! Filmes que são Dark Fantasy 6 livros da editora Intrínseca para o Dia Internacional da Mulher Histórias de Akira Toriyama Livros com o casal Grumpy x Sunshine FILMES DIRIGIDOS POR HAYAO MIYAZAKI NO STUDIO GHIBLI LANÇAMENTOS IMPERDÍVEIS DA EDITORA VERUS NO MÊS DE FEVEREIRO