...
Leia a resenha de As sombras de outubro

Livro "As sombras de outubro" é lançamento da Editora Suma

Um mistério super envolvente, “As sombras de outubro” é uma obra que depois de começar você não vai parar até chegar à solução do crime. Afinal, o autor Søren Sveistrup é criador e roteirista da série criminal The Killing. Ou seja, ele tem aquela fórmula de que é impossível parar de assistir até chegar ao final. Porém, será que sua obra realmente conquistou ?! Dessa forma, vamos falar um pouco sobre “As sombras de outubro”:

Confira também: Conheça mais a carreira do autor Søren Sveistrup

Uma visão diferente do gênero de investigação:

Søren Sveistrup chega ao Brasil com “As Sombras de Outubro”, e traz um elevado números de características que enriquece o gênero policial. A caçada em busca da solução do mistério ganha contornos intrincados e nada nunca é o que parece. Há sempre uma camada a mais de segredos que se conectam com pontas soltas no passado. Algo que deixa a obra mais complexo e jamais facilita o encaixe das peças pelos leitores.

Conforme o caso, temos um serial killer à solta matando brutalmente mulheres que, à princípio, não cuidam tão bem dos seus filhos. Além disso, cada novo crime é executado de forma mais brutal que o anterior. Sendo que todos trazem em comum a figura de um bonequinho feito de castanhas. Portanto, temos o Homem das Castanhas como nosso misterioso assassino. Com todo esse mistério, o livro vai seguir o caminho que todos nós nos arrepiamos. Uma investigação no escuro, sem muitos caminhos a percorrer. Onde as parcas pistas deixadas pelo assassino não levam a nenhum avanço.

Afinal, é bom?!

Confira a resenha As sombras de outubro
A leitura de “As sombras de outubro” é imersiva e intrigante

Com toda a certeza, a narrativa de Sveistrup é envolvente e constrói personagens complexos e alguns bem intrigantes. O investigador Mark Hess é um ponto de interrogação na cabeça por muito tempo. A detetive Naia é ambiciosa, mas esbarra em certos pré-conceitos da equipe local quando começa a mexer em casos antigos. Sem contar que o conjunto policial está disposto a buscar a solução mais rápida de forma a satisfazer a imprensa e os superiores hierárquicos. Por isso, temos um interessante jogo de política, interesses de egos e um vilão pra lá de inteligente.

Durante a leitura me senti totalmente imersa na investigação. As pistas não são facilmente encontradas e é exigido trabalho paciente para encontrá-las. Também, o autor não exagerou no uso de pistas falsas e de conseguir dar motivações convincentes para o comportamento dos envolvidos. Ademais, temos um contraste interessante na descrição da ambientação, no qual tudo parece suspeito a todo momento.

Conclusão:

Portanto, as consideráveis mais de quatrocentas páginas de “As Sombras de Outubro” passam voando. É uma leitura ágil, veloz e instigante. Absolutamente tudo é muito bem construído, quase cinematográfico e isso seduz o leitor. Mesmo que exija um pouco de paciência para entender as pistas. Há uma relação entre introdução e desfecho que jamais passa pela nossa cabeça e nenhuma ponta fica solta. Assim, as explicações foram bem dadas, que fazem sentido, e que terminam num finalzinho com gosto de quero mais. Então, se tiver uma sequência, estarei de braços abertos para receber a obra.

Bridgerton (3ª): O esperar da parte dois? Séries para você assistir no Dia das Mães As Melhores Trilhas Sonoras de Todos os Tempos Filmes de terror para assistir em maio 2024 FANFICS QUE VIRARAM FILMES PRODUÇÕES SOBRE FÓRMULA 1 A verdade sobre Bebê Rena Rota literária: conheça o aplicativo para leitores Top Filmes com ex-RBD FILMES DA TRILOGIA X DIRIGIDOS POR TI WEST Filmes originais da Netflix que são adaptações literárias Livros com o casal Ídolo e Fã! Filmes que são Dark Fantasy 6 livros da editora Intrínseca para o Dia Internacional da Mulher Histórias de Akira Toriyama Livros com o casal Grumpy x Sunshine FILMES DIRIGIDOS POR HAYAO MIYAZAKI NO STUDIO GHIBLI LANÇAMENTOS IMPERDÍVEIS DA EDITORA VERUS NO MÊS DE FEVEREIRO