...
Confira tudo a respeito de O Homem das Castanhas

Produção dinamarquesa da Netflix, O Homem das Castanhas

“O Homem das Castanhas”, nova série da Netflix, já chegou para conquistar o coração daqueles que são apaixonados por suspense policial. Alias, é uma boa adição do país ao catálogo da empresa, já que antes as duas outras produções vindas de lá tiveram os dois pés fincados no sobrenatural, “The Rain” e “Equinox”. Adaptada do livro “As sombras de outubro” de Søren Sveistrup, temos um contexto que vai além de um enredo de serial killer. Por isso, vamos fala a fundo da série da Netflix, “O Homem das Castanhas”:

Não deixe de conferir: Resenha- As Sombras de Outubro, de Søren Sveistrup 

História Enigmática e cheio de mistérios:

O Homem das Castanhas lançamento da Netflix
A série “O Homem das Castanhas” traz as temáticas abordadas de forma séria

Em primeiro lugar, “O Homem das Castanhas” começa com uma jovem sendo encontrada brutalmente assassinada, e sem uma das mãos, e ao lado dela vimos um homem feito de castanhas. Desse modo, iniciamos o desenvolvimento da obra. Durante os 6 episódios nós seguimos dois detetives procurando esse assassino. Sendo que, aos poucos vamos descobrindo mais sobre a vida deles. Também assistimos mais como todas as mortes se conectam.

Tudo o que compõe o gênero está presente na produção. Ou seja, o clima de mistério, as inevitáveis pistas falsas resolvidas rapidamente para não desviar o foco e entregar um final redondo. No entanto, uma característica interessante se equivale as temáticas abordadas de forma séria. Por exemplo, política, a responsabilidade parental e como as pessoas costumam lidar com o fracasso na vida profissional. Principalmente, a pessoal. Quase todos os personagens tem algo a dizer sobre os temas.

Paleta de Cores e Narrativa:

Confira a crítica completa da série O Homem das Castanhas
“O Homem das Castanhas” usou tons mais brilhantes, e claros pra desenvolver a narrativa.

Algo que curti de “O Homem das Castanhas”, no qual é muito que diferente de outras séries nórdicas, que usam aquela paleta de cores azuladas. Dessa forma, tentou se afastar da típica fotografia, e usou tons mais brilhantes, e claros pra desenvolver a narrativa. Falando nisso, mesmo que tenha episódios longos, ela consegue caminhar bem a cada nova etapa.

Afinal, vemos o desempenho da equipe em tentar solucionar o caso e descobrimos quem é o real vilão e a razão por trás desses assassinatos. Incluindo que as atuações estão ótimas de todo elenco. No entanto, quero destacar a de Danica Curcic, que podemos considerar com a protagonista nessa história. A investigadora que escolhe colocar a caça ao assassino como sua prioridade. Diante de todos os outros problemas que ela encontra em sua vida.

Conclusão:

Portanto, “O Homem das Castanhas” pode ser considerado uma novidade do suspense policial. Com uso de uma paletas de cores diferentes, ao esquema do cinema noir, e elementos narrativos que intrigam o público. Sem contar que é bem dirigida, escrita e atuada. Ou seja, a produção é um destaque nesse gênero. Mesmo que não seja o maior destaque de todos, é válido dar uma chance com um enredo não comum.

Veja também: Conheça mais a carreira do autor Søren Sveistrup

Séries para quem amou Maxton Hall Bridgerton (3ª): O esperar da parte dois? Séries para você assistir no Dia das Mães As Melhores Trilhas Sonoras de Todos os Tempos Filmes de terror para assistir em maio 2024 FANFICS QUE VIRARAM FILMES PRODUÇÕES SOBRE FÓRMULA 1 A verdade sobre Bebê Rena Rota literária: conheça o aplicativo para leitores Top Filmes com ex-RBD FILMES DA TRILOGIA X DIRIGIDOS POR TI WEST Filmes originais da Netflix que são adaptações literárias Livros com o casal Ídolo e Fã! Filmes que são Dark Fantasy 6 livros da editora Intrínseca para o Dia Internacional da Mulher Histórias de Akira Toriyama Livros com o casal Grumpy x Sunshine FILMES DIRIGIDOS POR HAYAO MIYAZAKI NO STUDIO GHIBLI