...

Sendo a conclusão da primeira trilogia da série de livros de Five Nights at Freddy’s, vamos ver tudo sobre A Última Porta. Aliás, a obra veio mais assustadora e conta com revelações marcantes. Ou seja, se prepare para fortes emoções. Por isso, confira a resenha de A Última Porta:

Veja também- Resenha-Os Distorcidos: Five Nights at Freddy’s

Um breve contexto:

Lançado pela Editora Intrínseca, vamos descobrir o que realmente aconteceu com Charlie. Ela ressurge depois da fatídica noite em que teve os ossos estraçalhados dentro de um animatrônico, ou, pelo menos, foi isso que John acreditou ter visto. Ele se recusa a aceitar que essa Charlie é a mesma que ele tanto amava. Algo naquele olhar misterioso e no sorriso estranho lhe diz que a garota esconde segredos muito mais sombrios do que todos imaginam.

Com a ajuda de Jessica, Carlton e Marla, John se lança em uma busca por respostas, ainda que isso signifique arriscar a própria vida e trazer à tona lembranças dolorosas. Mas eles terão que ser mais ágeis do que nunca, porque uma nova pizzaria acabou de ser inaugurada na cidade, e, adivinhem, mais uma vez crianças subitamente começaram a desaparecer sem explicação.

Leia também- Five Nights at Freddy’s: Conheça todos os livros da saga

Uma obra inesperada:

De todos os volumes da trilogia, esse é sem sombra de dúvidas o melhor, devido as suas surpresas pelo caminho. A Última Porta começa poucos dias após o que aconteceu em Os Distorcidos. A sinopse solta um tremendo spoiler, então não leia se não quiser perder a surpresa do final do segundo livro. E também para não estragar sua leitura, pouco posso falar do enredo. Sim, porque todo ele está preso ao clímax do anterior.
Mas, dá para dizer que John, Jessica, Carlton e Marla (sim, todos voltam na conclusão e têm grande participação), precisam investigar quem realmente é uma outra personagem. Eles sabem que ela não é quem diz ser, mas não sabem quais são seus planos e quem a controla.

Será que é o melhor?

Aliás, quem controla essa personagem, não chega a ser uma surpresa. Entretanto, depois da luta de todos contra ela e seu mestre, que se estende por muitas páginas e com ações em locais diferentes, vem a grande surpresa de todas, algo que muda completamente tudo o que foi lido dos três livros, e eleva o nível de terror a um novo patamar.

Depois da leitura, você ficará pensando e tentado a ler tudo de novo, para tentar encontrar o que deixou escapar. Embora alguns fatos tivessem sido de certo modo antecipados nos livros anteriores, demonstrando até um certo planejamento, a explicação para eles foi pra mim bastante fraca e bem difícil de “comprar”.

Não perca também- Resenha: Olhos prateados: Five Nights At Freddy’s

Vale a pena ler A Última Porta?

De fato, A Última Porta é um excelente terror, com muita ação, personagens carismáticos, jovens, que fazem muita bobagem, não são assim tão inteligentes, bem parecidos com aqueles de filmes de terror teen. Por isso mesmo é uma leitura deliciosa. Entretanto, eles têm uma longevidade maior, você não precisa ficar preocupado com a possibilidade de cada um deles morrer a cada capítulo. Ainda bem!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bridgerton (3ª): O esperar da parte dois? Séries para você assistir no Dia das Mães As Melhores Trilhas Sonoras de Todos os Tempos Filmes de terror para assistir em maio 2024 FANFICS QUE VIRARAM FILMES PRODUÇÕES SOBRE FÓRMULA 1 A verdade sobre Bebê Rena Rota literária: conheça o aplicativo para leitores Top Filmes com ex-RBD FILMES DA TRILOGIA X DIRIGIDOS POR TI WEST Filmes originais da Netflix que são adaptações literárias Livros com o casal Ídolo e Fã! Filmes que são Dark Fantasy 6 livros da editora Intrínseca para o Dia Internacional da Mulher Histórias de Akira Toriyama Livros com o casal Grumpy x Sunshine FILMES DIRIGIDOS POR HAYAO MIYAZAKI NO STUDIO GHIBLI LANÇAMENTOS IMPERDÍVEIS DA EDITORA VERUS NO MÊS DE FEVEREIRO