...
Confira o primeiro capítulo da série Loki

Primeiras impressões da série Loki

Sim, conferimos o primeiro episódio da série Loki e temos muito o que conversar sobre as primeiras impressões. Afinal, ele sempre foi um dos personagens mais amados do Universo Cinematográfico Marvel (MCU). Não à toa que apareceu e volta a chamar a atenção na nova produção do Disney+. Tom Hiddleston está de volta ao primor do personagem, não só “roubando a cena” como em produções anteriores. Mas, assumindo o papel principal pela primeira vez. O enredo acompanha o que aconteceu com esta versão do personagem, após a fuga em Vingadores: Ultimato. Então, para entramos de vez nessa nova etapa, vamos compartilhar as primeiras impressões sobre a série Loki. Caso não tenha visto, melhor conferir antes de ler nossa análise:

Estilo Próprio e Introdução a um novo Universo:

É fato que cada produção da Marvel possui sua individualidade. WandaVision trouxe um lado mais cômico, com referências a famosas séries sitcoms, e misterioso. Enquanto que Falcão e o Soldado Invernal trouxe um enredo mais politizado e focado nas causas sociais. Loki começa com um ritmo frenético tal como “Thor: Ragnarok”. Com roteiro de Michael Waldron, a série investe no equilíbrio entre humor, mistério, investigação e viagens no tempo. Porém, a grande aventura ainda está por vir.

Sob o ponto de vista da produção, somos introduzidos a Autoridade de Variância de Tempo (TVA – Time Variance Authority).Ou seja,  uma organização responsável por manter a ordem nos multiversos e na “linha do tempo sagrada do multiverso”. Esse novo contexto é uma mistura de ficção científica com um jeito de “escritório”, mostrando que tem nem tudo é glória. E também há muito material para ser explorado. Especialmente sobre o “vilão” da série.

Leia também: Séries da Marvel que vão estrear no Disney+

O outro lado do Vilão/ Anti-herói:

Primeiras impressões sobre a série Loki
Loki e Mobius M. Mobius

Tom Hiddleston e Waldron conseguem fazer um novo começo para Loki. À princípio arrogante, mimado e sempre buscando aprovação, como foi apresentado em Thor e no primeiro Vingadores. O protagonista se torna um prisioneiro neste lugar e perde sua “razão de ser”. Após ter tido seu arquivo temporal apresentado, ele percebe que não é tão indestrutível como achava. Claramente, todos os eventos que amoleceram o coração do Deus da Trapaça ao longo do MCU não aconteceram. Agora, precisa passar por uma nova jornada de autoconhecimento.

Ainda que bastante didática em seus episódios iniciais, o “anti-herói” não deixa de lado o humor ácido. Destaque, inclusive, para algumas das hilárias falas como o “dá para sentir de longe o perfume de dois Tony Starks”. Além disso, temos a excelente dinâmica entre os talentosos Tom Hiddleston e Owen Wilson. Ele interpreta Mobius M. Mobius, o agente da TVA que recruta o Deus da Trapaça para ajudar em um caso. A relação é a mescla perfeita entre a comédia e um lado mais “sério”. Por vezes a troca entre eles parece um jogo. Pois Mobius provoca Loki para revelar suas motivações, ao mesmo tempo em que nenhum deles parece confiar no outro.

Confira também: Relembre os melhores momentos de Loki no MCU

Conclusão:

Mesmo com a consciência de ser apenas o primeiro episódio, a série Loki traz uma boa introdução. Especialmente, por apresentar bem o ambiente situado e alguns dos personagens. Embora pareça ser um capítulo “normal”, podemos matar saudades do deus da Trapaça. Na verdade, desse novo protagonista. Decerto, funciona de tal forma que não dá para saber o que vem a seguir. E este é o melhor sentimento que o espectador poderia ter.

Bridgerton (3ª): O esperar da parte dois? Séries para você assistir no Dia das Mães As Melhores Trilhas Sonoras de Todos os Tempos Filmes de terror para assistir em maio 2024 FANFICS QUE VIRARAM FILMES PRODUÇÕES SOBRE FÓRMULA 1 A verdade sobre Bebê Rena Rota literária: conheça o aplicativo para leitores Top Filmes com ex-RBD FILMES DA TRILOGIA X DIRIGIDOS POR TI WEST Filmes originais da Netflix que são adaptações literárias Livros com o casal Ídolo e Fã! Filmes que são Dark Fantasy 6 livros da editora Intrínseca para o Dia Internacional da Mulher Histórias de Akira Toriyama Livros com o casal Grumpy x Sunshine FILMES DIRIGIDOS POR HAYAO MIYAZAKI NO STUDIO GHIBLI LANÇAMENTOS IMPERDÍVEIS DA EDITORA VERUS NO MÊS DE FEVEREIRO