...

It’s time to dance!! Na verdade chegou a hora de fazermos aquela comparação de costume quando sai uma adaptação de algum livro. Entretanto, a história aqui é um pouco diferente, pois estamos falando de adaptações que são baseadas em um musical da Broadway. Ou seja, tanto livro quanto filme já são adaptações. Livro, filme ou musical da Broadway? Confira nessa matéria tudo sobre The Prom a festa de formatura e as diferenças entre as produções.

PERSONAGENS

No livro temos uma história mais centrada nas questões de Emma e por isso os personagens que possuem mais destaque são os que estão em volta dela. Um exemplo é a avó Nan, que no livro tem muito mais cenas e diálogos enquanto no filme ela só aparece uma vez.

Por outro lado, na adaptação da Netflix temos dois personagens que não aparecem no livro, são eles: Angie, interpretada por Nicole Kidman e Trent Oliver, interpretado por Andrew Rannells. Eles não fazem muita diferença no livro, uma vez que o foco é a história da Emma. Contudo, eles são personagens que aparecem no original da Broadway e que deixam a história do filme mais divertida.

DESENVOLVIMENTO

O livro tem um desenvolvimento muito mais centrado na festa de formatura e o que a Emma e Alyssa passam para ficarem juntas. Não que isso não seja é abordado no filme, pelo contrário ainda é o foco. Entretanto, o filme também desenvolve a história de outros personagens que deixa The Prom ainda mais rico.

Na adaptação da Netflix temos também um olhar para a história de Barry Glickman, que assim como Emma, deixou sua casa aos 16 anos por conta dos pais não aceitarem ele ser gay. No livro isso até mencionado junto com outras situações vividas por Barry, mas elas não são desenvolvidas. Enquanto isso no filme temos mais desses momentos que assombra o personagem e conseguimos enxergar melhor a celebridade Barry Glickman.

Confira a resenha do livro The Prom A Festa de Formatura

Aliás, no filme você consegue ter um panorama melhor de cada um dos personagens. Por esta razão, a adaptação da Netflix acaba tendo um desenvolvimento mais dinâmico e rico. Enquanto o livro temos mais enfatizado as questões do preconceito de não deixarem a Emma ir para a festa de formatura.

Obviamente algumas falhas você irá encontrar em ambos, mas isso não chega a ser uma falha grotesca. É mais uma situação de falta de tempo para desenvolvimento.

Elenco de the prom reunido com o diretor Ryan Murphy
Elenco de the prom reunido com o diretor Ryan Murphy

MÚSICAS

Sim, as músicas do musical estão no livro! Alguns trechos do livro são estrofes das canções do musical original da Broadway, assim como alguns diálogos que foram tirados das letras das músicas. É bem legal depois que você escuta a trilha sonora e descobre elas “escondidas” na história do livro. Obviamente algumas ficaram de fora, como por exemplo a música da Alyssa Greene, mas não sentimos falta porque o livro consegue contar muito bem a história dela.

Quanto ao filme da Netflix, temos TODAS as músicas interpretadas pelos próprios atores, com muito brilho e coreografia. Eles interpretam bem e fazem jus por terem sido escolhidos. Então não se preocupem que cantar e dançar vocês vão fazer muito (além de chorar).

CENAS

São poucas as cenas que não tem em um e tem no outro. Acho que a maior diferença entre elas é como são desenvolvidas. No livro uma certa cena (não darei spoiler) um personagem é responsável por conduzi-la, enquanto na adaptação outro personagem toma conta da cena.

Isso não interfere em nada na história, todas as cenas que importam que fazem o enredo da história estão ali. Claro no filme temos cenas mais ricas e outras a mais, porém é mais para contextualizar.

personagem de nicole kidman e de jo ellen pellman em the prom filme da Netflix
Emma e Angie conversando em cena do Filme The Prom

CRÍTICA

Ambos trazem homofobia como a questão principal. Tudo que a Emma e Alyssa passam e sentem são colocados como plano principal para o desenvolver da história. O ponto que é diferente entre as duas adaptações é que no livro vamos ter um panorama mais completo das emoções das duas protagonistas, transmite muito bem isso.

Já no filme, a questão principal é a crítica a homofobia, mas esse assunto também divide um pouco a atenção com outras questões secundárias. Mas não apaga a luta de Emma. Aliás, algumas cenas do filme em que a personagem coloca para fora todos os seus sentimentos é o ponto mais alto do filme que ali você perde tudo.

Você também vai gostar: Confira a crítica de The Prom – A Festa de Formatura

CONCLUSÃO

Livro ou filme? Na verdade, ambas as adaptações de The Prom A festa de formatura conta bem a história, cada uma da sua forma. Eu diria que um complementa o outro. Vale muito a leitura do livro para sentir mais a fundo os sentimentos das protagonistas, suas angustias e medos. Também vale muito assistir o filme porque ele irá completar todos esses pontos e fazer você ter ainda mais empatia pelos personagens.

O livro foi lançado no Brasil pela Editora Alt um mês antes da produção da Netflix sair no final de 2020. Leia, assista e seu puder confira também o musical The Prom A Festa de formatura.

Personagem Emma e Alyssa s abraçando no final do filme
Emma e Alyssa juntas sendo o melhor casal
Bridgerton (3ª): O esperar da parte dois? Séries para você assistir no Dia das Mães As Melhores Trilhas Sonoras de Todos os Tempos Filmes de terror para assistir em maio 2024 FANFICS QUE VIRARAM FILMES PRODUÇÕES SOBRE FÓRMULA 1 A verdade sobre Bebê Rena Rota literária: conheça o aplicativo para leitores Top Filmes com ex-RBD FILMES DA TRILOGIA X DIRIGIDOS POR TI WEST Filmes originais da Netflix que são adaptações literárias Livros com o casal Ídolo e Fã! Filmes que são Dark Fantasy 6 livros da editora Intrínseca para o Dia Internacional da Mulher Histórias de Akira Toriyama Livros com o casal Grumpy x Sunshine FILMES DIRIGIDOS POR HAYAO MIYAZAKI NO STUDIO GHIBLI LANÇAMENTOS IMPERDÍVEIS DA EDITORA VERUS NO MÊS DE FEVEREIRO