...

Finalmente, depois de muito esperar, a banda norte-americana Fall Out Boy chegou em território carioca para se apresentar na quinta-feira dia 21 de setembro, quarta noite do festival Rock In Rio. Uma data que, com certeza, ficará guardada na memória de todos os fãs que tiveram a banda como grande marco da adolescência.

Na estrada desde 2001, a banda formada por Patrick Stump (vocal), Pete Wentz (baixo), Andy Hurley (bateria) e Joe Trohman (guitarra) já esteve duas vezes em solo brasileiro, em 2006 sendo atração do 7º São Paulo Mix Festival, e em 2014 para um show da turnê do álbum Save Rock and Roll, depois de um hiato de quase 6 anos, também em São Paulo.

Pela primeira vez no Rio de Janeiro, Fall Out Boy fez um show e tanto relembrando enormes sucessos do início de sua carreira, além de músicas do novo álbum, MANIA, que será lançado em janeiro do ano que vem.

O show começou com o clássico Sugar, We’re Going Down, de 2005, acompanhado de Irresistible, de 2015. Em seguida, tivemos um dos sucessos do álbum pós hiato, The Phoenix. Logo após, Pete deu uma pausa e começou a falar com a galera presente, avisando que iriam cantar uma música do novo CD deles, The Last Of The Real Ones, no piano. Porém, algum problema técnico fez com que o piano não funcionasse.

Isso não fez com que a apresentação fosse prejudicada. Apenas trocaram a ordem das músicas. No lugar de The Last Of Real Ones, foi a vez do clássico This Ain’t A Scene, It’s An Arms Race entrar em cena. Nesse momento, todos os fãs voltaram aos tempos de adolescência. Depois, enfim, com o piano funcionando o show seguiu sem maiores problemas.

Uma atmosfera nostálgica tomou o palco. Clássicas como Dance Dance, I Don’t Care, Thnks Fr The Mmrs foram tocadas, além da conhecida homenagem ao rei do pop, Michel Jackson, Beat It, foi apresentada. As mais recentes também não ficaram de fora, Immortals, Uma Thurman, Champion, My Songs Know What You Did In The Dark e Centuries fecharam a setlist com sucesso.

Quando os fãs acharam que tinha acabado, eles voltam com um clássico, que nem na setlist lançada na página oficial do Rock in Rio foi nomeada, mas não podia ficar de fora, o famoso Saturday, de 2003. Afinal, todo show que o grupo faz, eles encerram com essa música, então não podia ficar de fora dessa vez.

O show foi nostalgia pura. A época emo tomou conta do palco e do público presente. Patrick, Pete, Joe e Andy não escondiam a empolgação de estarem no palco mundo e de ouvirem todos cantarem a plenos pulmões seus grandes sucessos. A apresentação foi finalizada com um grande “The End” aparecendo no telão, mas com a promessa de retorno. Fall Out Boy, só podemos dizer: Thnks Fr Th Mmrs.

 

Por Rachel Guarino

Bridgerton (3ª): O esperar da parte dois? Séries para você assistir no Dia das Mães As Melhores Trilhas Sonoras de Todos os Tempos Filmes de terror para assistir em maio 2024 FANFICS QUE VIRARAM FILMES PRODUÇÕES SOBRE FÓRMULA 1 A verdade sobre Bebê Rena Rota literária: conheça o aplicativo para leitores Top Filmes com ex-RBD FILMES DA TRILOGIA X DIRIGIDOS POR TI WEST Filmes originais da Netflix que são adaptações literárias Livros com o casal Ídolo e Fã! Filmes que são Dark Fantasy 6 livros da editora Intrínseca para o Dia Internacional da Mulher Histórias de Akira Toriyama Livros com o casal Grumpy x Sunshine FILMES DIRIGIDOS POR HAYAO MIYAZAKI NO STUDIO GHIBLI LANÇAMENTOS IMPERDÍVEIS DA EDITORA VERUS NO MÊS DE FEVEREIRO