...

Lançada nos anos 90, “Sabrina – Aprendiz de Feiticeira” foi um grande sucesso na época. Exibida aqui no Brasil pela Nickelodeon, a trama focava no cotidiano de uma meia-bruxa. Criada por duas tias feiticeiras, Hilda e Zelda, e contando sempre com a companhia do seu fiel escudeiro e conselheiro, o gato Salem, quando completa 16 anos, a menina precisa decidir entre o mundo da magia ou a vida de uma adolescente normal.

Com sete temporadas no ar, “Sabrina – Aprendiz de Feiticeira” não chegou a receber prêmios expressivos. Por outro lado, além de fazer sucesso entre jovens e adolescentes, deu origem aos filmes “Sabrina – A Bruxa Adolescente” (1996), “Sabrina Vai à Roma” (1998) e “Sabrina Vai à Austrália” (1999), além de um spinoff em formato de desenho animado.

Esse clássico voltou com um reboot da série que estreia na Netflix com a promessa de conquistar um novo público-alvo. Diferentemente da produção original, desta vez a atração aposta mais no suspense e no terror do que na comédia e no romance, tanto que seu novo título é “O Mundo Sombrio de Sabrina”. Para entrar no clima, eis algumas curiosidades sobre o novo sucesso da Netflix:

1. Não existe apenas um Salem

O familiar de Sabrina, o gato preto Salem, pode até parecer só um na série, mas ele foi interpretado por cinco felinos que se revezavam nas cenas. Os nomes deles eram Shaq, Boomer, Edward, Bobby e Trevor. Ah, e ainda existia uma versão computadorizada do bichinho para não forçar os animais reais em cenas mais complicadas.

Um dos atores do Gato Salem
Mandatory Credit: Photo by Stewart Cook/REX/Shutterstock (9938730bo)
Salem Saberhagen
‘Chilling Adventures of Sabrina’ TV show premiere, Los Angeles, USA – 19 Oct 2018

2. Kiernan Shipka descobriu uma alergia nas gravações

No começo das filmagens, quando teve suas primeiras cenas com Salem, a interprete de Sabrina descobriu que é alérgica a gatos! Mas ela logo procurou um médico e passou a tomar remédios anti-alérgicos antes de gravar suas cenas com os felinos.

3. Alguns personagens foram criados exclusivamente para a série

O Mundo Sombrio de Sabrina foi inspirado nos quadrinhos da Archie Comics, logo, muitos dos personagens já existiam na ficção. Mas alguns deles foram criados especialmente para a série, sabia? São eles o Padre Blackwood, a Susie, o diretor Hawthorne e, sim, as Irmãs Estranhas!

4. Sabrina e Riverdale estão conectados?!

Sabe que outra série foi baseada nos quadrinhos da Archie Comics? Riverdale! E, embora o criador das duas, Roberto Aguirre-Sacasa, tenha dito que não teremos um crossover na primeira temporada, pode ter a possibilidade que os universos vão se cruzar algum dia. Tanto que existe uma referência a Riverdale no segundo capítulo de Sabrina. Mas sem spoilers aqui!

Sabrina e Riverdale estão conectados
Sabrina e Riverdale estão conectados

5. Chance Perdomo se inspirou em vários personagens clássicos para viver Ambrose

O primo bad-boy de Sabrina tem um jeito meio peculiar de ser, e para dar vida ao personagem, o ator Chance Perdomo acabou se inspirando em diferentes pessoas da cultura pop. Segundo ele, Ambrose é uma mistura de Brad Bitt em Clube da Luta, Loki em Vingadores e o guitarrista Jimi Hendrix.

6. A série tem um ator não-binário

Susie, umas das melhores amigas de Sabrina, sofre por ter dificuldades de se enxergar em um gênero específico. Isso significa que ela não se vê nem totalmente menina, nem 100% menino. E o mais legal é que para dar vida à personagem, a Netflix chamou Lachlan Watson, que se considera não-binário.

7. Potes de vômito e outras bizarrices bruxas

Ao total foram criados 40 cenários para fazer Greendale ganhar vida. A designer de produção, Lisa Soper, usou a criatividade para fazer o mundo bruxo tomar forma. Se você reparar bem na casa dos Spellman ou na Academia das Artes Ocultas, vai ver que existem pisos que se afundam, portas misteriosas, passagens secretas e uma galeria apenas com sapatos do pé esquerdo. Já no mortuário das Spellmans, encontramos ainda potes com algumas coisas nojentas dentro, incluindo vômito.

8. O quarto de Sabrina tem um detalhe muito parecido com o da própria Kiernan

Rolou uma coincidência muito macabra no cenário do quarto da Sabrina. É que o papel de parede da bruxinha era exatamente igual ao que Kiernan Shipka tinha em seu quarto quando criança!

9. Baseado em clássicos de terror

Como o próprio nome já diz, O Mundo Sombrio de Sabrina traz, sim, um universo meio macabro e dark. E, para criá-lo, o diretor e produtor executivo Lee Toland Krieger e o criador da série, Roberto Aguirre-Sacasa, se basearam em clássicos filmes de terror como O Bebê de Rosemary, O Exorcista, Suspiria, Corrente do Mal e A Bruxa. Para fazer o elenco entrar na vibe, eles exibiram um compilado com as melhores cenas de cada um desses filmes antes das gravações.

O Bebê de Rosemary
O Bebê de Rosemary
Séries para quem amou Maxton Hall Bridgerton (3ª): O esperar da parte dois? Séries para você assistir no Dia das Mães As Melhores Trilhas Sonoras de Todos os Tempos Filmes de terror para assistir em maio 2024 FANFICS QUE VIRARAM FILMES PRODUÇÕES SOBRE FÓRMULA 1 A verdade sobre Bebê Rena Rota literária: conheça o aplicativo para leitores Top Filmes com ex-RBD FILMES DA TRILOGIA X DIRIGIDOS POR TI WEST Filmes originais da Netflix que são adaptações literárias Livros com o casal Ídolo e Fã! Filmes que são Dark Fantasy 6 livros da editora Intrínseca para o Dia Internacional da Mulher Histórias de Akira Toriyama Livros com o casal Grumpy x Sunshine FILMES DIRIGIDOS POR HAYAO MIYAZAKI NO STUDIO GHIBLI