...
Enrolei tanto tempo para começar a escrever esse post, não sei o motivo de tanta demora, talvez seja pelo fato de ainda está incrédula porque ter demorado a aceitar essa forma de consumir livro, que não é nova no mercado editorial. Estou falando dos audiobooks!
Eu era uma pessoa que tinha muito preconceito com esse formato. Dizia que “áudio é áudio, e livro é livro”. Sabia que era uma forma das pessoas com deficiência visual ter acesso ao conteúdo, porém eu nunca achei que serviria para qualquer um. Por esta razão resolvi vir aqui e compartilhar qual foi a minha sensação de como abri meu coração para o audiobook e me apaixonei.
Já são dois livros escutados e simplesmente apaixonada. Comecei como quem não quer nada catando um livro para experimentar a plataforma Ubook. Depois de vasculhar muito, porque a indecisão bate e não quer sair, escolhi o livro Armadilha da editora Jangada.

Comecei a ouvir no trabalho, sim gente é possível prestar atenção na história e no seu trabalho, porque o livro te leva para outra dimensão, mas ao mesmo tempo você exercita a sua capacidade de atenção e auto controle de não sair voando. Percebi também que posso fazer isso e que de certa forma me conforta, afinal manter a rotina do trabalho as vezes pode dar um cansaço sem fim. Mas prosseguindo, continuei ouvindo e quando me dei conta já estava na metade do áudio não conseguindo largar a história. Estava tão envolvida na narrativa que não queria mais parar de ouvir, estava melhor que música.

O que pode levar a um estranhamento inicial é o fato de você ter as vozes dos personagens na sua cabeça falando sem parar. É engraçado até os narradores imitando vozes de homens, mulheres e crianças. Cada livro possui um narrador diferente, alguns bons e outros nem tanto. Os dois que experimentei tive a sorte de serem magníficos, porém um outro eu comecei, mas não me convenceu a voz da narradora. Por esta razão estou optando por ler mesmo. Mas no geral é gostoso ouvir, pois as vezes você consegue até tem as sensações dos efeitos sonoros dos ventos, portas batendo. É quase um filme passando nos seus ouvidos.
Dos dois livros que ouvi, o meu preferido foi o Mistério da Residencia BALA BA, não só pelo formato de e a narradora, mas o conteúdo da história também foi algo que favoreceu e muito. Durante o livro eu  conseguia me ver na época principalmente com a narrativa maravilhosa,  foi interessante a forma que a narradora interpretou uma criança, achei muito fofa, mas também achei que a pessoa dava mais ênfase nas emoções em alguns personagens e outros passava batida e até meia morta. Porém isso no final até deixamos passar.

Para quem ainda não teve contato, a dica é começar pelo gênero favorito. Na plataforma Ubook você encontram diversos títulos de todos os gêneros, do clássico ao terror, passando por biografias e até mesmos HQs. No incio de fato você vai estranhar e achar que não vai conseguir. Mas tenha fé que logo no terceiro capítulo já vai está se entregando á história.
Audiobook é como se seus personagens dos livros saíssem das páginas e ganhasse vida. O melhor é que a imaginação de criar todo o cenário continuará sendo sua responsabilidade, porém você vai sentir os personagens ali perto de você. Todo mundo deveria experimentar essa sensação pelo menos uma vez para dizer que não gostou. Eu particularmente me senti tão próxima dos personagens, que já estava quase comentando em voz alta com eles pelo microfone do fone de ouvido. Maravilhosa sensação!

Quem tiver a oportunidade dê uma vasculhada no catálogo da Ubook e teste, sem dúvidas lá terá algo que você irá gostar!
Bridgerton (3ª): O esperar da parte dois? Séries para você assistir no Dia das Mães As Melhores Trilhas Sonoras de Todos os Tempos Filmes de terror para assistir em maio 2024 FANFICS QUE VIRARAM FILMES PRODUÇÕES SOBRE FÓRMULA 1 A verdade sobre Bebê Rena Rota literária: conheça o aplicativo para leitores Top Filmes com ex-RBD FILMES DA TRILOGIA X DIRIGIDOS POR TI WEST Filmes originais da Netflix que são adaptações literárias Livros com o casal Ídolo e Fã! Filmes que são Dark Fantasy 6 livros da editora Intrínseca para o Dia Internacional da Mulher Histórias de Akira Toriyama Livros com o casal Grumpy x Sunshine FILMES DIRIGIDOS POR HAYAO MIYAZAKI NO STUDIO GHIBLI LANÇAMENTOS IMPERDÍVEIS DA EDITORA VERUS NO MÊS DE FEVEREIRO