...

Os anos 2000 foram ricos em filmes adolescentes e animações. Eles revelaram grandes talentos, tanto na atuação, quanto no mundo da música. Alguns são conhecidos por poucos, outros sempre estavam presentes nas tardes da televisão. As referências de moda dessa década estão invadindo todos os guarda-roupas, no qual bate uma nostalgia muito gostosa da época. Por isso, estamos apresentando cinco filmes que marcaram a década e que você pode assistir a vontade na Netflix. Então vamos lá:

1.High School Musical

O nosso objetivo de vida era estudar em um colégio como da galera de Troy, Gabriella  e Sharpey, com direito a time de basquete e líderes de torcida. Na obra, Troy Bolton (Zac Efron) é um garoto popular, enquanto que Gabriella Montez (Vanessa Anne Hudgens) é uma jovem estudiosa. Durante as férias eles descobrem, em um concurso de karaokê, que são apaixonados pelo canto e que possuem interesse um no outro. Eles se reencontram no início das aulas, já que por coincidência Gabriella foi matriculada exatamente na turma de Troy. Quando as audições para o musical da escola têm início eles voltam a se encontrar, desta vez por uma batalha pelos papéis principais da produção. Você pode assistir o primeiro e o segundo filme na plataforma.

2.Diário da princesa

O Diário da princesa (2001)

Baseado nos livros de Meg Cabot, o filme “O Diário de uma princesa” conta a história que qualquer adolescente gostaria de viver. Mia Thermopolis, interpretada por Anne Hathaway, é uma menina de 15 anos, tímida e, obviamente, apaixonada pelo garoto mais popular e atraente da escola, chamado Josh Richter (Erik von Detten), mesmo que ele namore com a nojenta Lana Thomas (Mandy Moore). Ela vive em São Francisco com a mãe, onde tem uma vida normal, um gato e uma melhor amiga chamada Lilly Moscovitz (Heather Matarazzo). Até que, um belo dia, sua avó paterna, com quem ela nunca havia conversado antes, a chama para uma visita em sua casa e declara que Mia é princesa do país fictício Genóvia. A partir desse momento sua vida vira de cabeça para baixo. Os dois filmes estão disponíveis na Netflix.

3.Sexta-feira muito louca

Como uma refilmagem do filme homônimo de 1976, Sexta-feira muito louca traz, em 2003, Jamie Lee Curtis e Lindsay Lohan para interpretar, respectivamente, mãe e filha. Anna Coleman, personagem de Lindsay Lohan, é uma adolescente quase normal, já que precisa aturar seu irmão mais novo Harry (Ryan Malgarini), sua mãe controladora Tess, sua arqui-rival Stacey Hinkhouse (Julie Gonzalo) e um professor que a persegue com notas baixas, chamado Elton Bates (Stephen Tobolowsky). Como se já não bastasse todos os incômodos, sua mãe quer acabar com a sua banda e se casar com Ryan (Mark Harmon), o homem que Ana não aprova por não ter superado a morte de seu pai há três anos.  Com toda essa má relação que possui com sua mãe, quando elas resolvem ir a um restaurante chinês, uma profecia se realiza em meio a uma de suas inúmeras brigas e, consequentemente, no dia seguinte, elas acordam com o corpo trocado. Ou seja, no corpo de Ana está Tess e vice-versa.

4.Monstros S.A

Monstros S.A. (2001)

Uma das obras mais marcantes e fofas da Disney/Pixar. Monstros S.A. é a maior fábrica de sustos existente. Localizada em uma dimensão paralela, a fábrica constrói portais que levam os monstros para os quartos das crianças, onde eles poderão lhes dar sustos e gerar a fonte de energia necessária para a sobrevivência da fábrica. Entre todos os monstros que lá trabalham o mais assustador de todos é James P. Sullivan (John Goodman), um grande e intimidador monstro de pêlo azul e chifres, que é chamado de Sully por seus amigos. Seu assistente é Mike Wazowski (Billy Crystal), um pequeno ser de um olho só com quem tem por missão assustar as crianças, que são consideradas tóxicas pelos monstros e cujo contato com eles seria catastrófico para seu mundo. Porém, ao visitar o mundo dos humanos a trabalho, Mike e Sully conhecem a garota Boo (Mary Gibbs), que acaba sem querer indo parar no mundo dos monstros.

5.O sorriso de Mona Lisa

Esse pode até não ser um dos mais marcantes da década, mas foi importante para uma perspectiva diferente em relação as mulheres. Katharine Watson (Julia Roberts) é uma recém-graduada professora que consegue emprego no conceituado colégio Wellesley, para lecionar aulas de História da Arte. Incomodada com o conservadorismo da sociedade e do próprio colégio em que trabalha, Katharine decide lutar contra estas normas e acaba inspirando suas alunas a enfrentarem os desafios da vida.

Bridgerton (3ª): O esperar da parte dois? Séries para você assistir no Dia das Mães As Melhores Trilhas Sonoras de Todos os Tempos Filmes de terror para assistir em maio 2024 FANFICS QUE VIRARAM FILMES PRODUÇÕES SOBRE FÓRMULA 1 A verdade sobre Bebê Rena Rota literária: conheça o aplicativo para leitores Top Filmes com ex-RBD FILMES DA TRILOGIA X DIRIGIDOS POR TI WEST Filmes originais da Netflix que são adaptações literárias Livros com o casal Ídolo e Fã! Filmes que são Dark Fantasy 6 livros da editora Intrínseca para o Dia Internacional da Mulher Histórias de Akira Toriyama Livros com o casal Grumpy x Sunshine FILMES DIRIGIDOS POR HAYAO MIYAZAKI NO STUDIO GHIBLI LANÇAMENTOS IMPERDÍVEIS DA EDITORA VERUS NO MÊS DE FEVEREIRO