Não, não estou falando dos Guardiões da Galáxias, estou falando de Os Guardiões mesmo, um filme Russo que chegou aos cinemas em agosto do ano passado, 2017. Nunca me senti atraída em ver, afinal, somos tão bombardeados de filmes com super-heróis e sem dúvidas alguns vão acabar passado despercebido. E é este o caso de Os Guardiões.

Sem nada para fazer, comecei a vasculhar pela Amazon Prime, que diga-se de passagem, tem um catálogo bem peculiar e interessante, e achei esse filme. O que chamou atenção foi na capa um homem urso e um Sub-Zero meio disfarçado. Pensei: vou assistir porque deve ter uma pegada Mortal Kombat! Errado, até agora estou meia confusa, mas não significa que não foi bom.

No filme, o quarteto dos guardiões é formado por Ler, que possuiu o poder das rochas, Kan, o nosso Sub-Zero disfarçado de mestre da espada que invoca um espirito para ficar mais rápido e habilidoso, Arsus, o homem urso e Xenia, a única menina do grupo, que pode ficar invisível quando está na água.

Os Guardiões

O filme possuiu erros? Nossa, e como, mas não podemos tirar os méritos dos produtores que tentaram a todo custo trazer cenas interessantes que empolgassem o público. Deu certo, porque mesmo com todas as falhas o telespectador fica preso até o último minuto para ver o que vai acontecer com aqueles quatro personagens totalmente perdidos no mundo.

Os Guardiões é um grande clichê dos filmes de super-heróis, uma mistura de quarteto fantástico – faltou só o homem elástico – com Mortal Kombat e um Sub-Zero que manda bem com a espada. Fora isso um vilão que surge assim do nada querendo controlar a a tecnologia, acho que já ouvimos falar sobre isso, não? Enfim, tudo que você já assistiu em filmes de heróis só que uma versão russa.

Não vou comentar sobre os atores, apenas o fato de todos eles parecerem robôs, principalmente a atriz Valeriya Shkirando, mas vamos relevar. De qualquer forma, os personagens são bem interessantes e até introduzidos no filme decentemente, não precisa longas cenas para explicar o que cada uma faz ou o que aconteceu. Ou seja, a ordem e o roteiro, por esse lado, foram bem pensados e trabalhos. Até as cenas de ações foram bem trabalhadas e empolgantes. Mesmo com um enredo fraco, os efeitos especiais podem salvar o filme, mesmo não sendo OS efeitos especiais, dá para o gasto e não deixa falhas.

Vale dar uma conferida no filme, sair um pouco do mundo hollywoodiano, conhecer novos atores, sejam eles bons ou ruins, o importante é experimentar coisas nova e investir em novas aventuras.

Top Filmes com ex-RBD FILMES DA TRILOGIA X DIRIGIDOS POR TI WEST Filmes originais da Netflix que são adaptações literárias Livros com o casal Ídolo e Fã! Filmes que são Dark Fantasy 6 livros da editora Intrínseca para o Dia Internacional da Mulher Histórias de Akira Toriyama Livros com o casal Grumpy x Sunshine FILMES DIRIGIDOS POR HAYAO MIYAZAKI NO STUDIO GHIBLI LANÇAMENTOS IMPERDÍVEIS DA EDITORA VERUS NO MÊS DE FEVEREIRO FILMES DE ANIMAÇÃO QUE TAMBÉM SÃO COMÉDIAS ROMÂNTICAS LIVROS SOBRE MITOLOGIA GREGA, ALÉM DE PERCY JACKSON LIVROS QUE LEMBRAM “TODOS MENOS VOCÊ” ONDE ASSISTIR OS INDICADOS AO OSCAR 2024? LANÇAMENTOS DA EDITORA ALT EM 2024 Livros que serão adaptados em 2024 Contos natalinos para você ler no Kindle Unlimited Willy Wonka: Conheça as versões do personagem