Sem dúvida nenhuma, WandaVision está sendo um dos maiores sucessos do Disney +. A cada sexta-feira, os fãs ficam loucos para saber os próximos e captar todos os “easter-eggs” que são apresentados. Especialmente em homenagens a séries clássicas da TV americana. Devido a isso, listamos abaixo as principais referências de WandaVision:

  • Ep 1: The Dick Van Dyke Show e I Love Lucy

    A inspiração de WandaVision retirada de produções do final dos anos 1950 e início dos anos 1960 nunca foi um segredo. The Dick Van Dyke Show e I Love Lucy moldariam não apenas a estética, como o formato que a série da Marvel seguiria. Como as sitcoms daquela época, o capítulo foi gravado em preto e branco e diante de uma plateia – sim, as risadas não foram adicionadas na pós-produção, foi tudo ao vivo. Além disso, os poderes da Feiticeira Escarlate não foram demonstrados por meio de computação gráfica, mas usando efeitos práticos para dar a impressão de que os utensílios domésticos realmente estão voando.

  • Ep 2: A Feiticeira

    Por muitos anos, A Feiticeira foi exibida na TV aberta no Brasil, então talvez você se recorde da sua premissa. Protagonizada por Elizabeth Montgomery, a série acompanhava uma feiticeira que, ao se casar com um homem comum, tenta de todas as maneiras levar uma vida ordinária de dona de casa. Quer dizer, esta não poderia ser uma referência mais adequada para a proposta da série.

  • Ep. 3: The Brady Bunch

    Entrando nos anos 1970, a sala de estar dos heróis ganha cores e uma nova decoração, que imediatamente remetem a The Brady Bunch. Mas, além de elementos como a escada, a sitcom aparece no capítulo na própria maneira como Wanda age, como se fosse uma releitura de Marcia Brady, a personagem de Maureen McCormick na comédia.

  • Ep. 5: Três é demais

    O visual, a sequência de abertura e até mesmo a relação de Wanda e Vision com os gêmeos Tommy e Billy são bem próximos ao que era mostrado na série. Além disso, a estética dos anos 80 e as filmagens são super marcantes.

  • Ep. 6: Malcolm in the middle

    Logo de cara, Feiticeira Escarlate, Visão, os gêmeos e até o tio Pietro fazem sua própria versão da abertura de Malcolm in the Middle, revelando que dessa vez Billy e Tommy terão em alguma medida o protagonismo da história. Lançada em 2000, a comédia acompanhava as peripécias de Malcolm, um adolescente genial e filho do meio de uma família disfuncional.

  • Ep. 7: Modern Family

    No sétimo episódio, “Derrubando a Quarta Parede”, se aproxima agora de produções mais familiares da nossa época. Essa mudança não é à toa. Com a Feiticeira Escarlate admitindo que sua família é, na realidade, bastante disfuncional, nenhuma série poderia ser mais adequada para servir como referência do que Modern Family. O detalhe mais legal foi o uso das “entrevistas” durante o episódio.

A Cantiga dos Pássaros e das Serpentes: vale a pena ver? Se o personagem do seu filme favorito fosse uma animação da Pixar Livros de Edgar Allan Poe em A Queda da Casa de Usher Músicas que falam sobre términos Livros com jogadores de futebol americano para você ler