Chloé Zhao durante o Oscar 2021

Chloé Zhao se tornou a primeira asiática a ganhar o prêmio de melhor diretor

Após uma histórica vitória na noite do Oscar 2021, Chloé Zhao terá de arranjar um espacinho na estante de prêmios. A diretora está  está conquistando público e crítica com seu projeto único. Ainda, é seu terceiro longa-metragem na indústria cinematográfica. No entanto, a pergunta que não quer calar: Como o seu nome ficou tão famoso da noite para o dia?! Por isso, vamos lhe apresentar Cholé Zhao!

Origens:

Zhao Ting, como é chamada na China, nasceu na cidade de Pequim, em 1982. Os seus pais são separados e seu pai se casou novamente com a atriz Song Dandan. Ao longo dos anos, foi atraída pelas influências da cultura pop ocidental. Além de ter frequentado um colégio interno em Londres, antes de se mudar para Los Angeles para terminar o ensino médio. Sem esquecer de mencionar que estudou Ciências Políticas na capital da Califórnia. Tudo em sua vida mudou em 2010, no qual se mudou  para Nova York. A partir disso, foi parar na na Universidade de Nova York e ingressou de vez na vida das telonas. Além de filmar seus primeiros curta-metragens, teve aulas com Spike Lee e conheceu o inglês Joshua James Richards, seu parceiro de vida e trabalho.

Primeiros Filmes:

A carreira e trajetória de Chloé Zhao
Chloé Zhao nos bastidores de “The Rider”

No ano de 2010, o curta-metragem de Cholé Zhao, Daughters, estreou no “Festival Internacional de Curtas-Metragens de Clermont-Ferrand”. Incluindo que ganhou o prêmio de “Melhor Ação ao Vivo para Estudantes” no ShortFest Internacional de Palm Springs e Prêmio do Júri Especial no Cinequest Film Festival de 2010. Todavia, em 2015, dirigiu seu primeiro longa-metragem, Songs My Brothers Taught Me. Neste caso, o filme retrata a relação entre um irmão, Dacota Sioux, e sua irmã mais nova. É fato que o projeto chamou atenção e , também, foi exibido no Festival de Cannes.

Eventualmente, dentro de 2017, sua próxima direção foi com The Rider, um drama ocidental contemporâneo. Dentro da narrativa, vemos  a jornada de um jovem caubói para se descobrir novamente. Principalmente, após que um acidente quase fatal acaba com a sua carreira profissional de montaria. Ao mesmo tempo que vemos uma trajetória, é possível ver um retrato intimista e único. Algo que é muito característico das produções de Zhao. O filme ganhou suas indicações para Melhor Longa e Melhor Diretor no 33º Independent Spirit Awards.

Veja Também: Mulheres no Cinema- 5 nomes que marcaram a história da sétima arte

Nomandland e história no Oscar 2021:

Conheça mais sobre Chloé Zhao
Chloé Zhao e Frances McDormand durantes as filmagens de “Nomandland”

Baseada em um livro-reportagem homônimo de Jessica Bruder, Chloé Zhao pintou um retrato do fenômeno muito americano da vida nômade a um modo quase documental. No qual a vastidão de paisagens é uma protagonista à parte. No entanto, o verdadeiro destaque é Fern, vivida por Frances McDormand, vencedora de melhor atriz. Dentro da pele da personagem, temos uma representação da devastação acometida pela crise econômica de 2008. Em contrapartida, o longa segue, então, os nômades (interpretando a si mesmos) que se unem não só pela ausência de um endereço fixo. Mas por uma rede de solidariedade só entendida por quem vê liberdade na vida em movimento. E , neste caso, a diretora entende bem, devido ao seu histórico já mencionado.

Desse modo, chegamos a temporada de premiações, no qual deu a artista uma coleção enorme. Porém, o mais marcante de todos com certeza é o Oscar de 2021. Primeiramente, ela estava no mesmo cargo que diretores consagrados como David Finsher. Todavia, ela se tornou a segunda mulher, nos 93 anos de premiação, a levar na categoria e a primeira asiática. Anteriormente, Kathryn Bigelow, de Guerra ao Terror (2010), havia recebido a estatueta. Ou seja, um símbolo para mudanças em Hollywood.

Leia também: Oscar 2021- Veja os maiores vencedores da premiação

Top Filmes com ex-RBD FILMES DA TRILOGIA X DIRIGIDOS POR TI WEST Filmes originais da Netflix que são adaptações literárias Livros com o casal Ídolo e Fã! Filmes que são Dark Fantasy 6 livros da editora Intrínseca para o Dia Internacional da Mulher Histórias de Akira Toriyama Livros com o casal Grumpy x Sunshine FILMES DIRIGIDOS POR HAYAO MIYAZAKI NO STUDIO GHIBLI LANÇAMENTOS IMPERDÍVEIS DA EDITORA VERUS NO MÊS DE FEVEREIRO FILMES DE ANIMAÇÃO QUE TAMBÉM SÃO COMÉDIAS ROMÂNTICAS LIVROS SOBRE MITOLOGIA GREGA, ALÉM DE PERCY JACKSON LIVROS QUE LEMBRAM “TODOS MENOS VOCÊ” ONDE ASSISTIR OS INDICADOS AO OSCAR 2024? LANÇAMENTOS DA EDITORA ALT EM 2024 Livros que serão adaptados em 2024 Contos natalinos para você ler no Kindle Unlimited Willy Wonka: Conheça as versões do personagem