...

Se tem um livro que mexe com a cabeça do leitor, te faz ter diversas reações com os personagens, sem dúvidas eu irei consumir desesperadamente essa história. E tudo isso eu vivenciei durante a leitura de O Pacto, de Michelle Richmand, publicado no Brasil pela editora Alt.

O nome do livro é bem comum já que existe outros livros com o mesmo nome, mas acreditem de comum não tem nada. Ele é totalmente fora do que estamos acostumados a ler em livro sobre relacionamentos. Para vocês terem a primeira ideia, segue a sinopse:

Sinopse: Alice e Jake são recém-casados com um futuro promissor. O elo que os une parece se fortalecer ainda mais quando recebem um convite para se juntar ao Pacto, um misterioso e glamouroso grupo de casais que, por meio de um código de Regras e reuniões sociais, promete manter os relacionamentos saudáveis e duradouros. O que a princípio parece ser o ambiente perfeito para o início da vida a dois logo se mostra uma experiência perigosa, onde nada é exatamente o que parece e que fará com que ambos questionem o verdadeiro significado do “felizes para sempre”.

 

“Fidelidade à Esposa, Lealdade ao Pacto. Até que a morte nos separe.”

 

E aqui vamos nos infiltrar na vida de recém casados de Alice e Jake que não quererem violar as regras do Pacto, sem deixar de ser eles mesmos. Afinal, cada regra violada é um “castigo” que o responsável terá que pagar. As coisas são tão surreais que as penalidades para o não cumprimento de algumas regras vão desde ficar 48h em uma solitária até passar por tratamento de choque.

Além disso, tem momentos que você se pega interagido com os personagens. Em alguns momentos eu estava “Isso não pode ser sério!”, “Que filho da mãe, não faz isso”, mas é muito difícil não se imaginar no lugar deles e pensar se faria diferente. E tudo isso somos capazes de sentir pelo modo em que Michelle apresentou a história.

A autora conseguiu construir uma narrativa surpreendente que prende o leitor logo nos primeiros capítulos. Não fazemos ideia do que pode acontecer e isso é instigante e deixa sempre com um gostinho de quero mais e o fato dos capítulos serem curtos ajuda muito no ritmo da leitura.

Toda história é narrada em primeira pessoa do ponto de vista do Jake, mas o interessante era a forma em que ele conta a história. O personagem interage com o leitor, é como se estivesse deixando uma carta para você descobrir a verdade sobre o Pacto. Mas confesso que algumas intercessões dele era desnecessárias, como por exemplo as estatísticas de divórcios nos EUA.

Aqui o destaque não é exclusivamente dos protagonistas. A autora conseguiu trabalhar tão bem os personagens secundários que por diversas vezes eu senti saudades de certas intercessões de algumas pessoas para determinada cena.

 

“O Pacto é um grupo de pessoas que pensam da mesma maneira, dispostas a atingir um objetivo semelhante”

 

O livro é muito bom, fui fisgada logo no início e o desenvolvimento só foi me confirmou o quão incrível estava aquela história. Entretanto, o final não foi lá aquelas coisas. Não foi o desfecho em si que me deixou chateada, até porque foi bem coerente com tudo que os personagens vinham lutando, mas não faz jus a história, que vinha trazendo vários plots e emoções que no final, sem sal. Merecia um final bem surpreendente de tirar o fôlego.

Sem dúvidas O Pacto é para aqueles que desejam se aventurar em uma história diferente e que goste de muita emoção e leves ataques cardíacos. É uma história rica e que nos faz pensar sobre os casamentos. Até que ponto eles são verdadeiros ou convenientes.

 

Agora conta: do que você é capaz para manter seu casamento?

Disponível na Amazon nos formatos físico e e-book: Aqui

Bridgerton (3ª): O esperar da parte dois? Séries para você assistir no Dia das Mães As Melhores Trilhas Sonoras de Todos os Tempos Filmes de terror para assistir em maio 2024 FANFICS QUE VIRARAM FILMES PRODUÇÕES SOBRE FÓRMULA 1 A verdade sobre Bebê Rena Rota literária: conheça o aplicativo para leitores Top Filmes com ex-RBD FILMES DA TRILOGIA X DIRIGIDOS POR TI WEST Filmes originais da Netflix que são adaptações literárias Livros com o casal Ídolo e Fã! Filmes que são Dark Fantasy 6 livros da editora Intrínseca para o Dia Internacional da Mulher Histórias de Akira Toriyama Livros com o casal Grumpy x Sunshine FILMES DIRIGIDOS POR HAYAO MIYAZAKI NO STUDIO GHIBLI LANÇAMENTOS IMPERDÍVEIS DA EDITORA VERUS NO MÊS DE FEVEREIRO