Que HQ gostosinha! Foi com muita dor no coração que finalizei O menino bruxa, porque a vontade era de continuar lendo. Vem comigo que vou te contar como a história de Molly Knox Ostertag me conquistou.

Quem é o menino bruxa?

Aster, um garoto, vive em uma comunidade mágica secreta onde as garotas crescem para serem bruxas e os garotos metamorfos. Homens e mulheres têm diferentes tipos de magias, e as bruxas passam o conhecimento de mãe para filha, enquanto os meninos passam por um ritual em que recebem dons oferecidos pelos espíritos animais com os quais eles compartilham o mundo. Essa é a regra. Sem exceção. Mas Aster, descobre que nasceu com habilidades mágicas, o que deveria ser impossível.

Enquanto os outros meninos começam a ter os primeiros contatos com seus espíritos animais, a metamorfose de Aster parece cada vez mais distante. Em meio a tantos acontecimentos, uma força misteriosa e terrível surge e um perigo recai sobre os garotos metamorfos, e Aster sabe que pode ajudar… com magia. Mas isso significa expor seus segredos e ir contra as expectativas de sua família.

+ Leia também: Confira HQs com representatividade da Galera Record

Uma história simples mas cativante

Sabe aquela história cheia de personagens gostosos de acompanhar? Pois então, Molly Knox entrega vários personagens extremamente cativantes. Aster é um garoto que tem sonhos e desejos que são diferentes do convencional do lugar onde mora. E mesmo sendo reprimido ele não desiste. Afinal, ele sabe que o destino dele é ser uma bruxa e tudo fica ainda melhor de acompanhar quando ele conhece Charlotte, a amiga maravilhosa que todo mundo deseja ter.

Não é uma história profunda, cheia de reflexões, pelo contrário. O menino bruxa te conquista por ser uma narrativa simples, bem redondinha, com poucos personagens mas que está cheia de significados. Além disso, Molly te conquista com um final sobre aceitação emocionante.

As ilustrações são lindas e todas elas foram feitas pela autora, que além de escrever também é ilustradora e roteirista de animação. A edição brasileira está por conta da Galera Record e está belíssima.

Minha opinião

O menino bruxa é o primeiro livro da trilogia e vai te conquistar de cara. Além de um projeto gráfico bonito, a história também é perfeita para qualquer idade, pois a narrativa dialoga com todos os públicos.

Aster desde o início é um garoto que sofre por não querer o que escolheram para el. Isto acontece não porque ele é rebelde, mas porque ele não se reconhece como um menino metamorfo, e ele busca até o fim mostrar que ele pode sim ser uma bruxa. E o que deixa a história mais completa é o apoio que ele recebe da nova amiga Charlotte, que oferece muito mais suporte os próprios parentes.

É um HQ de 224 páginas, que me envolveu e me transportou para as ilustrações. Terminei em meia hora e depois fiquei me lamentando porque eu queria mais, quero mais Aster, sei que ele tem muito para nos ensinar, tanto ele quanto Charlotte. Mal posso esperar para continuar esta história.

LANÇAMENTOS IMPERDÍVEIS DA EDITORA VERUS NO MÊS DE FEVEREIRO FILMES DE ANIMAÇÃO QUE TAMBÉM SÃO COMÉDIAS ROMÂNTICAS LIVROS SOBRE MITOLOGIA GREGA, ALÉM DE PERCY JACKSON LIVROS QUE LEMBRAM “TODOS MENOS VOCÊ” ONDE ASSISTIR OS INDICADOS AO OSCAR 2024? LANÇAMENTOS DA EDITORA ALT EM 2024 Livros que serão adaptados em 2024 Contos natalinos para você ler no Kindle Unlimited Willy Wonka: Conheça as versões do personagem Expansão “Aluga-se” do The sims 4: O que esperar? A Cantiga dos Pássaros e das Serpentes: vale a pena ver? Se o personagem do seu filme favorito fosse uma animação da Pixar Livros de Edgar Allan Poe em A Queda da Casa de Usher Músicas que falam sobre términos Livros com jogadores de futebol americano para você ler Livros do Grupo Editorial Record para o Dia das Crianças Conheça Cyberpunk 2077: Nenhum acaso AMOR E LIVROS! ENTREVISTA EXCLUSIVA COM JENNA EVANS WELCH, AUTORA DE AMOR E GELATO