Magnolia Parks é um fenômeno no TikTok da gringa e acaba de chegar ao Brasil pela editora Intrínseca. Vem que você precisa conhecer esse universo da alta sociedade de Londres criado por Jessa Hastings.

Quem é Magnolia Parks?

Magnolia Parks é uma bela, rica, egocêntrica e levemente neurótica socialite londrina que está perdidamente apaixonada pelo incorrigível bad boy BJ Ballentine. Os dois podem até viver em um universo de luxos, jantares caros e noites intensas, mas sua relação conturbada talvez esteja chegando a um limite. Aos poucos, sentimentos se embaralham e segredos vêm à tona, revirando a vida de todos à volta deles e desgastando o mundo que construíram ― um mundo onde um nunca precisa se desvencilhar do outro completamente.

Mistura de Gossip Girl e Skins

Já falei um pouco de Magnolia Parks aqui no site, mas agora eu quero desmembrar a história e contar um pouco mais do que eu achei da leitura.

Primeiramente, este é um livro para +18 anos. Possuiu muitas cenas de uso de substâncias ilícitas, cenas de sexo e relacionamento tóxico. Em resumo, não é para qualquer um! Precisa ter um cuidado enorme na hora de ler.

Durante a leitura eu conseguia enxergar alguns personagens de Gossip Girls, como Blair e Chuck. Contudo, por mais que tenha todo o glamour da alta sociedade londrina, eu não consegui parar de associar ao cenário da série britânica Skins, sucesso em 2007. Parecia que eu estava lendo uma versão de Skins só que com personagens ricos. E não, isso não é uma crítica e eu adoro essa série.

Personagens com personalidades únicas

O que me deixou um pouco confusa foi o excesso de personagens secundários que Jessa criou. Entretanto, os personagens centrais da história (além de Magnolia e BJ) tem características marcantes e que os tornam únicos na história.

Juro que achei que eu iria me irritaria muito mais com a Magnolia Parks. Pensei que acharia ela uma mimada, patricinha sem noção e no início até achei ela isso. Mas logo mudei de ideia.

BJ por sua vez eu queria muito acabar com esse menino. Irresponsável, egoísta e tóxico. “Ah mas ele tinha motivo” não importa, eu sempre achava um livramento quando Magnolia se afastava dele.

Outros personagens que chamaram minha atenção foram Bridget e Henry. Bridget é a irmã mais nova de Magnolia e é oposto. Já Henry é o caçula dos Ballentine e melhor amigo de Magnolia. Eles não são um casal, mas acho que gostaria de ler um livro sobre cada um dos dois.

Universo Magnolia Parks

Jessa Hastings arrasou muito ao criar o universo da alta sociedade londrina. Magnolia Parks é apenas o começo dessa história que já tem mais 3 livros (com personagens diferentes e até uma continuação do que acontece com os protagonistas). Além disso, a autora criou perfis nas redes sociais para dar uma experiência ainda mais divertida e imersiva para o leitor.

No geral achei a leitura bem tranquila, a autora exagera um pouco nas descrições, porém creio que deixa a história mais rica na hora de imaginar os cenários de luxo. Os personagens ou você ama ou você odeia. Na realidade eu sinto que eles são muito mais para nos incomodar do que nos identificarmos. Gosto da ideia de ter um universo de Magnolia Parks porque tem outros personagens que eu amaria acompahar.

 

FILMES DIRIGIDOS POR HAYAO MIYAZAKI NO STUDIO GHIBLI LANÇAMENTOS IMPERDÍVEIS DA EDITORA VERUS NO MÊS DE FEVEREIRO FILMES DE ANIMAÇÃO QUE TAMBÉM SÃO COMÉDIAS ROMÂNTICAS LIVROS SOBRE MITOLOGIA GREGA, ALÉM DE PERCY JACKSON LIVROS QUE LEMBRAM “TODOS MENOS VOCÊ” ONDE ASSISTIR OS INDICADOS AO OSCAR 2024? LANÇAMENTOS DA EDITORA ALT EM 2024 Livros que serão adaptados em 2024 Contos natalinos para você ler no Kindle Unlimited Willy Wonka: Conheça as versões do personagem Expansão “Aluga-se” do The sims 4: O que esperar? A Cantiga dos Pássaros e das Serpentes: vale a pena ver? Se o personagem do seu filme favorito fosse uma animação da Pixar Livros de Edgar Allan Poe em A Queda da Casa de Usher Músicas que falam sobre términos Livros com jogadores de futebol americano para você ler Livros do Grupo Editorial Record para o Dia das Crianças Conheça Cyberpunk 2077: Nenhum acaso