Resenha do livro A Filha do Guardião do Fogo, de Angeline Boulley

Sendo um thriller mais diferenciado, vamos falar um pouco do lançamento da Editora Intrínseca, “A Filha do Guardião do Fogo”. Escrito por Angeline Boulley, temos um enredo que mergulha nas experiências de uma jovem indígena que fará de tudo para proteger seu povo e sua família. Ainda mais que a obra pode nos cativar, com ajuda dos personagens. E vamos falar disso a seguir:

Veja também: Lançamentos da Editora Intrínseca em Setembro/2022

Assuntos Culturais:

De fato, um dos principais destaques de “A Filha do Guardião do Fogo” é que aprendemos muito sobre a cultura nativa americana. Incluindo tradições, idioma, história, a maneira como eles usam as plantas para transformá-las em medicamentos naturais. Ainda, seu profundo conhecimento sobre química e as habilidades de sobrevivência. Em vez de uma grande introdução, temos uma caracterização poderosa e em camadas para a força básica dessa jornada.

Além disso, as intensas histórias de fundo despertam o interesse e arrastam para esse mundo vívido, excêntrico e enigmático. A narrativa comovente dentro da tribo, os assassinatos de jovens adultos relacionados ao tráfico de drogas que lentamente se espalha e leva mais vidas inocentes foram o poderoso mistério da trama. Sem contar que os personagens alcançam nossa atenção para essas características.

Ritmo lento, mas que funciona:

Veja mais sobre A Filha do Guardião do Fogo, de Angeline Boulley

Agora, Angeline Boulley escreve um romance absolutamente fascinante, complexo e multifacetado. Por muitas vezes ficamos presos em um ponto em que parece que a narrativa não se desenvolve. No entanto, a autora prepara o terreno para recebermos um turbilhão de emoções e informações que marcam a trajetória da protagonista. Aliás, Daunis tenta ser o equilíbrio entre dois mundos, ao mesmo tempo, que tenta salvar suas raízes. Isso nos permite ter mais empatia e compreensão.

Mesmo que tenhamos elementos adicionais, como romance e um pouco de drama, o foco acaba indo para o mistério em si. Os elementos do thriller podem ser um pouco exagerados, às vezes, mas isso não acaba com a experiência proporcionada pela escritora.

Conclusão:

Portanto, “A Filha do Guardião do Fogo” é um livro que lida com diversos assuntos importantes e valoriza uma cultura que não temos tanto contato. Especialmente, com o tratamento profundo apresentado pela autora. Com certeza, é uma leitura fascinante e emocionante, tensa e cheia de suspense. Tudo isso junto com uma protagonista que precisa administrar vários dilemas que marcam sua vida por completo.

 

FILMES DIRIGIDOS POR HAYAO MIYAZAKI NO STUDIO GHIBLI LANÇAMENTOS IMPERDÍVEIS DA EDITORA VERUS NO MÊS DE FEVEREIRO FILMES DE ANIMAÇÃO QUE TAMBÉM SÃO COMÉDIAS ROMÂNTICAS LIVROS SOBRE MITOLOGIA GREGA, ALÉM DE PERCY JACKSON LIVROS QUE LEMBRAM “TODOS MENOS VOCÊ” ONDE ASSISTIR OS INDICADOS AO OSCAR 2024? LANÇAMENTOS DA EDITORA ALT EM 2024 Livros que serão adaptados em 2024 Contos natalinos para você ler no Kindle Unlimited Willy Wonka: Conheça as versões do personagem Expansão “Aluga-se” do The sims 4: O que esperar? A Cantiga dos Pássaros e das Serpentes: vale a pena ver? Se o personagem do seu filme favorito fosse uma animação da Pixar Livros de Edgar Allan Poe em A Queda da Casa de Usher Músicas que falam sobre términos Livros com jogadores de futebol americano para você ler Livros do Grupo Editorial Record para o Dia das Crianças Conheça Cyberpunk 2077: Nenhum acaso