...

Duas famílias, uma seita e um bebê abandonado… Se você é fã de thriller, assim como eu, venha conhecer a história do livro A família perfeita de Lisa Jewell publicado pela editora Intrinseca.

Sinopse:

Logo após seu vigésimo quinto aniversário, Libby Jones chega em casa e encontra a carta que esperou por toda a sua vida. Ao abri-la, a jovem tem apenas uma coisa em mente: enfim vai saber quem ela é. Em pouco tempo, Libby descobre não apenas quem são seus pais biológicos, mas também que é a única herdeira de uma mansão abandonada que vale milhões.

Vinte e cinco anos antes, a polícia foi ao casarão após receber o chamado de que havia um bebê chorando. Quando chegaram, os policiais encontraram uma menininha de dez meses, saudável, balbuciando alegremente em seu berço. Na cozinha, porém, jaziam três cadáveres em decomposição, todos vestidos de preto, ao lado de um bilhete rabiscado às pressas.

Um Thriller perfeito de tirar o fôlego

Lisa Jewell construiu uma trama incrivelmente envolvente e que é perfeita para quem gosta de um bom thriller. Com sentimentos fortes e que mexe com o leitor, a história vai crescendo e a autora não poupa o leitor de cenas fortes que causam desconforto.

Os capítulos são curtos e divididos em três momentos: o presente pelo ponto de vista da Libby e Lucy, e o passado que narra o início de tudo. Pode acreditar, não fica confuso e de certa forma esses três pontos de vistas vão se conectando conforme a leitura vai avançando. É uma escrita bem fácil, envolvente e sem muito floreio na hora de descrever as cenas.

Personagens bem desenvolvidos

Este não é um livro para quem é sensível, pois possui temas bem fortes e com gatilhos. Aliás, todas essas situações acabam refletindo, obviamente, nos traumas dos personagens.

É complicado dizer quem é o protagonista, pois no meu ponto de vista cada um ali teve um papel importante para o desenvolvimento da história. E mesmo o enredo tendo como ponto de partida a Libby, antes de chegarmos nela passamos por diversas outras situações com outros personagens que vâo desencadear justamente a história da Libby.

Eu achei a narrativa do Harry a coisa mais espetacular no livro. Não entrarei em detalhes para não dar spoiler, mas ele é um personagem que deixa o leitor de boca aberta. Não só pela sua trama, mas como ele cresce e mostra realmente quem ele é.

+ Confira também: 10 THRILLERS ESCRITOS POR MULHERES DA EDITORA INTRÍNSECA

Mas afinal, o que achei da família perfeita?

São 387 páginas que foram aos poucos me consumindo e me deixando cada vez mais envolvida com a história. Como uma boa fã de thriller, eu confesso que no início torci um pouco o nariz achando as coisas um tanto quanto paradas. Porém, não sei em que ponto as coisas mudaram e eu estava virando a madrugada só querendo saber mais sobre a família perfeita.

Antes mesmo de ser revelado o grande mistério do livro eu já estava desconfiada do que tinha acontecido. Contudo, a forma que a autora construiu a cena me pegou desprevenida. A frieza, a carga dramática dos personagens, o incomodo que estava acontecendo ali, foi algo muito forte e marcou demais a história como thriller psicológico.

Não recomendaria esse livro para qualquer pessoa, apenas aquelas que já estão acostumados com conteúdo sensível e que gostam do gênero. E quem gosta de histórias assim precisa conhecer com urgência o livro a família perfeita.

 

Filmes de romance icônicos na MAX Filmes de romance com Glen Powell Lista com todos os filmes com Barry Keoghan Fantasias que são volume único Doze indicações da Intrínseca para o Dia do Orgulho Geek Séries para quem amou Maxton Hall Bridgerton (3ª): O esperar da parte dois? Séries para você assistir no Dia das Mães As Melhores Trilhas Sonoras de Todos os Tempos Filmes de terror para assistir em maio 2024 FANFICS QUE VIRARAM FILMES PRODUÇÕES SOBRE FÓRMULA 1 A verdade sobre Bebê Rena Rota literária: conheça o aplicativo para leitores Top Filmes com ex-RBD FILMES DA TRILOGIA X DIRIGIDOS POR TI WEST Filmes originais da Netflix que são adaptações literárias Livros com o casal Ídolo e Fã!