Se você navegou pelo catálogo da Amazon Prime em busca de algum filme de terror, com certeza já deu de cara com a imagem de Hereditário e ficou muito curioso. Aliás, aquela garotinha já mostra o quando o filme deve ser sombrio. Porém, vamos aos fatos, às vezes a capa engana, e engana muito. Se você se interessou pela a história e não sabe muito bem sobre o que se trata, segue aqui.

Após a morte da reclusa avó, a família Graham começa a desvendar algumas coisas. Mesmo após a partida da matriarca, ela permanece como se fosse uma sombra sobre a família, especialmente sobre a solitária neta adolescente, Charlie, por quem ela sempre manteve uma fascinação não usual. Com um crescente terror tomando conta da casa, a família explora lugares mais escuros para escapar do infeliz destino que herdaram.

Com uma sinopse bem misteriosa, o filme tem um enredo que tinha tudo para ser muito bom. Ele foge dos clichês tradicionais de filme de suspense e de espírito. Possui excelentes cenas de suspense e que são bem trabalhadas. Entretanto, com tanto ponto positivo na história, Hereditário deixa a desejar muito mais pelo desenvolvimento do que pela sua história em si.

  1. Desenvolvimento

Como dito anteriormente, a história é boa e prende a atenção, principalmente quando os personagens estão se desenvolvendo e os mistérios estão surgindo. Mas infelizmente esses pontos não sem bem trabalhos. Chega uma hora que o filme perde o ritmo e tudo fica vago. Como se o diretor tivesse ainda resolvendo qual próximo passo ele irá dar.

Além disso, algumas situações são tão claras, mas fazem um drama enorme para o personagem. Como por exemplo o espirito perturbando o filho mais velho, entretanto o pai está mais para um morto vivo que pai. Algumas cenas desse tipo se repetem ao longo do filme e vão irritando ainda mais os sem paciências como eu.

  1. Cheio de lacunas sem explicações

Não podemos esquecer também que muitos assuntos ali ficam vagos, e do nada surgem uma outra entidade que é a culpada. Como chegamos ali? Não sei, mas diversos fatos e cenas desconexas que foram jogas de repente somem não fazendo sentido algum.

  1.  O final

Mesmo com tudo que disse, o filme ainda é bom, contudo o que deixa mais a desejar é o final. Além de ser um final aberto, que eu particularmente gosto, ele surge do nada e não dá a mínima explicação. Para não dizer que não dá explicação, nos últimos 15 minutos de filme o grande vilão aparece e pronto. Fica aí, entenda o final, tente entender qual era o papel de cada personagem. O problema não é o final aberto, e sim a falta de desenvolvimento para chegarmos até ele.

  1. Falta de aproveitamento do elenco

Com um elenco de ponta, Hereditário traz personagens fracos e sem vida. O destaque vai para a atriz Toni Colleti, que interpreta a mãe que trabalha em trabalho de miniaturista. A atriz está muito boa no papel, principalmente fazendo as cenas mais assustadoras e nos surtos psicóticos. Em contrapartida temos o ator Gabriel Byerne, totalmente sem personalidade. Para ter uma ideia, se o personagem dele não existisse não iria fazer tanta diferença.

Ou seja, faltou dar um pouco de característica aos personagens e até mesmo mais vida a eles. Afinal, não é porque é um filme de terror que todos tem que está com aparência de mortos.

  1. Assista e tire suas conclusões

No meu ponto de vista é um filme fraco. Lembro na época que lançou, a crítica no geral foi muito favorável. Resumindo, assisti com as expectativas lá no céu, porém caí do cavalo. Mas admito: não é um filme ruim, só não entrará na minha lista de “irei assistir de novo”. Até porque, eu fiquei muito fula com aquele final. Entretanto, é interessante que todo mundo assista, pois o filme possui cenas muito boas, muito bem dirigidas e trabalhadas, e por essa razão merece uma audiência.

Mesmo com alguns pontos para você não assistir, no final esse post quer te convencer de que você precisa assistir Hereditário. Afinal, acredito que todos nós precisamos ver para tirarmos a nossas próprias conclusões. E isso vale para qualquer assunto.

Top Filmes com ex-RBD FILMES DA TRILOGIA X DIRIGIDOS POR TI WEST Filmes originais da Netflix que são adaptações literárias Livros com o casal Ídolo e Fã! Filmes que são Dark Fantasy 6 livros da editora Intrínseca para o Dia Internacional da Mulher Histórias de Akira Toriyama Livros com o casal Grumpy x Sunshine FILMES DIRIGIDOS POR HAYAO MIYAZAKI NO STUDIO GHIBLI LANÇAMENTOS IMPERDÍVEIS DA EDITORA VERUS NO MÊS DE FEVEREIRO FILMES DE ANIMAÇÃO QUE TAMBÉM SÃO COMÉDIAS ROMÂNTICAS LIVROS SOBRE MITOLOGIA GREGA, ALÉM DE PERCY JACKSON LIVROS QUE LEMBRAM “TODOS MENOS VOCÊ” ONDE ASSISTIR OS INDICADOS AO OSCAR 2024? LANÇAMENTOS DA EDITORA ALT EM 2024 Livros que serão adaptados em 2024 Contos natalinos para você ler no Kindle Unlimited Willy Wonka: Conheça as versões do personagem