...

É fato que comédias românticas representam mais do que um gênero cinematográfico: elas constituem um modo de vida. Identificar-se com a heroína de uma comédia romântica equivale a acreditar no amor perfeito, nas forças do destino, na superação das adversidades, apostar no “felizes para sempre” ao lado de um príncipe charmoso. Mas com o novo sucesso da Netflix, você não vai se emocionar, e sim, se divertir.

Megarrromântico é um filme dirigido por Todd Strauss-Schulson, e conta sobre  Natalie (Rebel Wilson), uma arquiteta que abomina todos os clichês das comédias românticas por ser frustrada com sua vida profissional e afetiva, e que não toma iniciativas por falta de autoconfiança. Após tentar escapar de um assalto no metrô, Natalie bate a cabeça e fica inconsciente. Quando acorda, percebe que está presa em uma comédia romântica e que sua vida se tornou o próprio clichê. Natalie então percebe que para que tudo volte ao normal, ela precisa se apaixonar e fazer com que se apaixonem por ela, como nos filmes, e o que acontece a partir daí é surpreendente.

Natalie (Rebel Wilson) e Blake(Liam Hemsworth) em “Megarrromântico”

Basicamente, a obra é um clichê que satiriza filmes clichês, com algumas sacadas boas que conquistam o público e rendem risadas. O enredo faz críticas a filmes com protagonistas perfeitas, com vidas perfeitas e finais felizes, deixando claro que isso não faz parte da vida real, mas acaba caindo na própria armadilha. Os melhores momentos  se encontram no início, quando a cética Natalie critica os clichês do gênero: a briga de mulheres pelo homem ideal, o gay acessório que só serve para ajudar a protagonista, as câmeras lentas e narrações explicativas, o “charme” da garota que tropeça e cai com frequência.

Há boa dinâmica, pois o enredo flui fácil e mantêm o espectador atento ao conteúdo. Porém, é no mesmo que começamos a notar alguns pontos baixos, como o humor que nem sempre acerta em cheio o alvo, principalmente quando divide a atenção com o romance. Alguns elementos são bem inspirados, como o uso de canções já populares em outros filmes do gênero, só que em tom sarcástico; ou quando cita a classificação etária dos filmes na cena de “sexo” entre a protagonista e o personagem interpretado por Liam Hemsworth. A direção de fotografia de Simon Duggan é até bem sugestiva no quesito luz, sempre ressaltando o aspecto de sonho, principalmente nas cenas diurnas, com luzes brancas ofuscantes como no escritório onde Natalie trabalha, além de exaltar o mar de cores que virou a Nova York dos filmes românticos.

Natalie (Rebel Wilson), Blake (Liam Hemsworth) e Josh ( Adam Devine)

Rebel Wilson foi brilhante como protagonista, deixando claras as emoções de Natalie e se destacando nos momentos cômicos, mas também transmitindo de forma clara o assunto principal do filme.O casal protagonista repete o mais do mesmo que já estamos familiarizados, sendo que Adam DeVine faz Adam DeVine como só Adam DeVine consegue trazer à vida Adam DeVine. Liam Hemsworth também atuou de forma convincente como o bonitão, rico e babaca Blake, sendo um dos personagens, mais hilários da trama. Mas, Priyanka Chopra não consegue fazer mais do que o estereótipo anexado à própria,

No mais, Megarrromântico trata de assuntos como autoconfiança e amor próprio, de forma leve e irreverente, buscando conquistar mesmo o público que não goste do gênero, Tivesse tido mais audácia do que apreço pela convenção, o longa de produção original Netflix teria desviado do lugar-comum, mas este não foi o caso.

Séries para quem amou Maxton Hall Bridgerton (3ª): O esperar da parte dois? Séries para você assistir no Dia das Mães As Melhores Trilhas Sonoras de Todos os Tempos Filmes de terror para assistir em maio 2024 FANFICS QUE VIRARAM FILMES PRODUÇÕES SOBRE FÓRMULA 1 A verdade sobre Bebê Rena Rota literária: conheça o aplicativo para leitores Top Filmes com ex-RBD FILMES DA TRILOGIA X DIRIGIDOS POR TI WEST Filmes originais da Netflix que são adaptações literárias Livros com o casal Ídolo e Fã! Filmes que são Dark Fantasy 6 livros da editora Intrínseca para o Dia Internacional da Mulher Histórias de Akira Toriyama Livros com o casal Grumpy x Sunshine FILMES DIRIGIDOS POR HAYAO MIYAZAKI NO STUDIO GHIBLI