...

Finalmente temos os primeiros trailers de “Homem-Aranha: Longe de Casa”, embora sejam praticamente os mesmos, os trailers trazem trechos diferentes. E, claro, já notamos muita coisa boa que vem por aí no próximo passo do Amigão da Vizinhança de Tom Holland rumo ao heroísmo clássico que estamos acostumados — até porque em “De Volta ao Lar” tivemos apenas Peter Parker iniciando sua trajetória como o aracnídeo. Longa tem estreia prevista para 4 de julho e tem direção é de Jon Watts.

Logo no início percebe-se um detalhe muito curioso: Tia May. Foi-se o tempo em que ela era caracterizada como aquela velhinha frágil e que servia mais como um recurso para os roteiristas criarem uma ameaça para o Homem-Aranha do que para fortalecer a história ou os personagens. A May Parker de Marisa Tomei é mais jovem e descolada e surge como um apoio muito mais interessante ao herói do que as versões que serviam apenas como “donzela em perigo” — algo bem fora de moda nesses tempos de papeis femininos fortes e independentes. Além disso, todo mundo paquerava a atraente May Parker em “De Volta ao Lar”, mas quem acabou se envolvendo foi Happy Hogan, o motorista de Tony Stark, que aparece flertando com ela na frente do herói.

Nessa nova aventura, Peter Parker (Holland) está curtindo férias com Ned (Jacob Batalon), Michelle (Zendaya) e seus amigos na Europa. O herói decide não levar seu traje, preferindo curtir suas férias. Homem-Aranha é quase sinônimo de Manhattan, Queens e Nova York. Ele tem uma identidade muito grande com a Big Apple e tirá-lo de seu lar e de sua clássica iconografia faz sentido. Isso porque estamos vendo um jovem Peter Parker em treinamento para se tornar o herói que conhecemos, então, tirá-lo de sua casa fará com que ele tenha grandes desafios para crescer.

Cena de “Homem-Aranha: Longe do lar”

Como no primeiro filme só pudemos ficar sabendo que Zendaya traz um novo perfil do grande amor de Parker, Mary Jane, então muita gente saiu do cinema com vontade de ver novamente o casal nas telonas. Na prévia já dá para notar que esse romance vai começar — o que nos faz imaginar onde uma possível aparição de Gwen Stacy poderia encaixar nessa história futuramente. Aliás, aquela moça loirinha parecida com ela em “De Volta ao Lar” está por aqui novamente. Mas, se o Marvel Studios seguir a tendência de “Homem-Aranha: No Aranhaverso”, pode ser que Gwen esteja muito mais próximo de Miles Morales, que provavelmente dará as caras no MCU em breve.

Na divulgação do filme, a Sony Pictures basicamente revelou que tanto Peter Parker quanto Nick Fury e Maria Hill estariam de volta, mesmo antes da confirmação/explicação de como isso acontecerá em “Vingadores: Ultimato”. Embora isso estrague um pouco da graça, ficam no ar interessantes perguntas que se conectam ao próximo filme dos Maiores Heróis da Terra: por que Fury vai procurar a ajuda do Homem-Aranha e não dos Vingadores ou especificamente de outros heróis mais experientes? Para quem Fury e Maria estão trabalhando e como eles ficaram sabendo dessas ameaças? Essas questões devem de alguma forma ter conexões de como os Vingadores e a SHIELD devem ficar após os eventos de “Vingadores: Ultimato”. Além disso, a maneira como Fury aborda o Homem-Aranha é muito semelhante ao que já foi visto em “Ultimate Spider-Man Animated”.

Os inimigos do filme são elementais de terra, água, ar e fogo. Daria até para chutar que são versões de alguns inimigos dos quadrinhos, a exemplo do Homem-Areia e do Homem-Hídrico, mas não parece ser o caso. O Marvel Studios aprendeu com os erros de outras produtoras no passado e não desperdiça mais os grandes vilões de seus personagens à toa. Porém, Jake Gyllenhaal é um excelente ator e em outra época ele mesmo poderia ter vivido o papel de Peter Parker. Seu uniforme está perfeito como Mysterio e o fato dele ser inicialmente parceiro no combate ao crime traz uma interessante dinâmica, nunca explorada na versão de papel.

Uma das mais divertidas dinâmicas dos quadrinhos na era do Homem-Aranha colegial era ver Flash Thompson atormentando Peter Parker nos corredores do colégio e ao mesmo tempo sendo o maior fã do Amigo da Vizinhança. Isso rendia inúmeros momentos de puro humor e era uma das coisas que se conectava com as comédias colegiais norte-americanas. Em “De Volta ao Lar” a produção havia flertado com isso e nessa prévia dá para ver essa relação de volta.

Para finalizar, no primeiro longa, um dos momentos de arrepiar logo no início do filme é um pequeno trecho do tema da animação dos anos 60. Aqui ela permeia todo o trailer e aparece em toda sua glória, um grande acerto, afinal a música faz parte da cultura pop e até mesmo ganhou uma versão dos Ramones, que aparecem novamente na trilha sonora.

Homem-Aranha: Longe de casa estreia dia 4 de julho nos cinemas!

Séries para quem amou Maxton Hall Bridgerton (3ª): O esperar da parte dois? Séries para você assistir no Dia das Mães As Melhores Trilhas Sonoras de Todos os Tempos Filmes de terror para assistir em maio 2024 FANFICS QUE VIRARAM FILMES PRODUÇÕES SOBRE FÓRMULA 1 A verdade sobre Bebê Rena Rota literária: conheça o aplicativo para leitores Top Filmes com ex-RBD FILMES DA TRILOGIA X DIRIGIDOS POR TI WEST Filmes originais da Netflix que são adaptações literárias Livros com o casal Ídolo e Fã! Filmes que são Dark Fantasy 6 livros da editora Intrínseca para o Dia Internacional da Mulher Histórias de Akira Toriyama Livros com o casal Grumpy x Sunshine FILMES DIRIGIDOS POR HAYAO MIYAZAKI NO STUDIO GHIBLI