...
Veja bastidores e algumas curiosidades de "Eu Nunca...".

Com o encerramento da série da Netflix, trouxemos um pouco dos bastidores e algumas curiosidades de “Eu Nunca…”. Aliás, a produção trouxe 4 temporadas de diversão, emoção e reflexão em um contexto bem “teen”. Além disso, ela foge o padrão das outras séries ao abordar temas importantes. Principalmente quando se fala de questão racial e estereótipos étnicos. Por isso, vamos falar mais de “Eu Nunca…”:

Veja também: Quais artistas estarão presentes no Tudum 2023?

Para quem não conhece a história de “Eu Nunca…”:

A obra retrata a vida moderna e complicada de Devi, uma adolescente americana, filha de indianos e aluna nada popular na escola. Depois da morte de seu pai, ela sofre um grande trauma e acaba perdendo o movimento das pernas por alguns meses. Tentando mudar sua imagem na escola, Devi faz de tudo para apagar como as pessoas a viam antes, mas nada dá certo. Até que um dia, ela acaba conquistando a atenção do seu maior crush da escola, Paxton, mas as coisas acabam não indo tão bem quando ela gostaria. Além disso, Devi ainda precisa lidar com as regras severas de sua mãe, Nalini (Poorna Jagaanathan) que tenta controlar cada passo que ela dá.

Veja bastidores e algumas curiosidades de "Eu Nunca...".

Quem criou a série?

“Eu Nunca…” foi criada por Mindy Kaling e Lang Fisher. Ao contrário de outras séries comuns que geralmente recebem adaptações a partir de histórias bibliográficas ou cria-se a história do zero, é baseado parcialmente na infância de Kaling enquanto crescia na área de Boston.

Em entrevista ao The New York Times, a roteirista explicou como foi trabalhar no projeto: “Para todos nós na sala dos escritores, especialmente aqueles filhos de imigrantes, os quais formavam a maior parte da minha equipe minha equipe. E o objetivo era compartilhar as histórias de se sentir como ‘o outro.”

História por trás do título:

Na entrevista, Kaling também explicou como o título da série reflete a personalidade da Devi: “Essa personagem tem o ego tão preso às coisas que ela ainda não fez, ainda não foi exposta. E isso pareceu muito natural para a personalidade dela.” A roteirista disse ser péssima com nomes e contou como a ideia, na verdade, foi do co-autor Lang Fisher.

Quebrando o Tabu:

A série ajudou a quebrar muitos estereótipos asiáticos de Hollywood, como o fato de personagens asiáticos na maioria dos filmes serem usados apenas como um personagem secundário. Geralmente, os filmes colegiais separam os “descolados” dos “nerds”. Mas, na série os personagens estão preocupados com o futuro e ao mesmo tempo em curtir a vida.

Leia bastidores e algumas curiosidades de "Eu Nunca...".

Maitreyi Ramakrishnan:

Apesar de a série contar a história de uma estadunidense com ascendência indiana, Maitreyi Ramakrishnan, interprete de Devi Vishwakumar, é canadense com ascendência Indiana, a família dela mudou para o Canadá fugindo da guerra civil que assolou o Sri Lanka de 1989 a 2009.

Narração icônica:

Se você assistiu a versão legendada deve ter se impressionado com a narração. Ela foi feita pelo ex-tenista profissional John McEuroe, que em seu auge, já foi número um do mundo. O ex-jogador também tem feitos outros trabalhos no mundo cinematográfico.

Filmes de romance icônicos na MAX Filmes de romance com Glen Powell Lista com todos os filmes com Barry Keoghan Fantasias que são volume único Doze indicações da Intrínseca para o Dia do Orgulho Geek Séries para quem amou Maxton Hall Bridgerton (3ª): O esperar da parte dois? Séries para você assistir no Dia das Mães As Melhores Trilhas Sonoras de Todos os Tempos Filmes de terror para assistir em maio 2024 FANFICS QUE VIRARAM FILMES PRODUÇÕES SOBRE FÓRMULA 1 A verdade sobre Bebê Rena Rota literária: conheça o aplicativo para leitores Top Filmes com ex-RBD FILMES DA TRILOGIA X DIRIGIDOS POR TI WEST Filmes originais da Netflix que são adaptações literárias Livros com o casal Ídolo e Fã!