...

Pare tudo que você está fazendo e preste atenção aqui. Round 6 estreou na Netflix em setembro e está deixando todo mundo viciado e louco nessa produção coreana. Mas o que tem de tão bom em Round 6?

Tudo começa com a premissa bem intrigante em que centenas de pessoas, mas especificamente 456, aceitam um estranho convite para um jogo de sobrevivência. Aquele que seguir todas as regras e chegar na final levará um prêmio milionário equivalente ao número de participantes. Ou seja, a vida de cada participante tem um valor.

Além da premissa provocante, Round 6 lembra a série japonesa Alice in Borderland, também da Netflix. Esse é um dos motivos do sucesso de Round 6, pois muitos fãs de Alice estavam com saudades de produções do gênero. Entretanto, o êxito de Round 6 vai muito além da premissa e da associação com outras séries.

+ ALICE IN BORDERLAND, NOVA SÉRIE DA NETFLIX ESTILO ESCAPE ROOM

Round 6 direção de artes impecável

A brilhante mente de Hwang Dong-hyuk

Round 6 é uma criação do diretor e roteirista sul coreano Hwang Dong-hyuk. O diretor é bastante conhecido, porém seu trabalho de maior destaque, e que lhe rendeu prêmio de melhor filme, foi The Fortless (2017).

O roteiro é muito bem escrito, mescla momentos de tensão com momentos de alivio. Aliás, os personagens são bem desenvolvidos e cada um tem a sua personalidade muito definida. Temos personagens carismáticos, como o nosso protagonista Song Gi-Hun, a misteriosa Kang Sae-Byeok que mesmo sendo séria, sem dúvidas você vai se apegar a ela. Outros personagens para dar atenção são: O policial Jooh-ho, o inteligente Cho Sang-Woo e a número 070.

Outra coisa que chama muita atenção na série é a direção de artes. Confesso que foi por conta dessa direção de artes impecável que assisntindo ao trailer resolvi assistir. É uma mistura de cores sombrias e uma paleta mais clara puxando bem tons que remetem a criança.

Brincadeira de criança

Já que falamos em criança, a série original da Netflix promete muito sangue, momentos violentos, mas também acaba fazendo o espectador relembrar o passado. A cada jogo/desafio em que os participantes são obrigados a participa, remete a uma brincadeira de criança. Algumas bem conhecidas como batatinha frita e bolinha de gude, e outras nem tanto como o jogo da Lula.

Mesmo com esses elementos infantis Round 6 está bem longe de ser uma série para toda família. Está produção é repleta de sangue e mortes, algumas até desnecessárias.

O que esperar de Round 6?

Se você gosta de série com bastante ação, emoção, mistério e cenas angustiantes, Round 6 te espera. Mas você também vai encontrar uma trilha sonora viciante composta por Jaeil Jung, o mesmo de “Parasita” (2019), “Take Point” (2018) e “Okja” (2017). Ou seja, é para ninguém colocar defeito.

Ainda não dá para dizer se teremos uma segunda temporada, mas pela repercussão tudo indica que logo teremos o anuncio de uma segunda parte. Afinal, o último episódio deixa algumas pontas soltas que queremos saber.

E aí, pronto para jogar?

Bridgerton (3ª): O esperar da parte dois? Séries para você assistir no Dia das Mães As Melhores Trilhas Sonoras de Todos os Tempos Filmes de terror para assistir em maio 2024 FANFICS QUE VIRARAM FILMES PRODUÇÕES SOBRE FÓRMULA 1 A verdade sobre Bebê Rena Rota literária: conheça o aplicativo para leitores Top Filmes com ex-RBD FILMES DA TRILOGIA X DIRIGIDOS POR TI WEST Filmes originais da Netflix que são adaptações literárias Livros com o casal Ídolo e Fã! Filmes que são Dark Fantasy 6 livros da editora Intrínseca para o Dia Internacional da Mulher Histórias de Akira Toriyama Livros com o casal Grumpy x Sunshine FILMES DIRIGIDOS POR HAYAO MIYAZAKI NO STUDIO GHIBLI LANÇAMENTOS IMPERDÍVEIS DA EDITORA VERUS NO MÊS DE FEVEREIRO