Sendo a estreia de Mary Del Priore pela Editora José Olympio, conheça mais do livro “Tarsila: Uma vida doce-amarga”. Aliás, essa narrativa apresenta recorte inédito da maior pintora brasileira: do apogeu ao esquecimento – e então ao reconhecimento. O livro revela ainda a espiritualidade aflorada no fim da vida quando procurou buscou conforto na correspondência com o médium Chico Xavier. Mas, vamos com calma e falar mais de “Tarsila: Uma vida doce-amarga”:

Leia também: Vem aí! Confira os lançamentos do Grupo Editorial Record para 2023

Sinopse:

A premiada historiadora Mary Del Priore apresenta aqui uma biografia breve de uma das artistas mais geniais do modernismo: Tarsila do Amaral. Criadora de pinturas icônicas, que se confundem com uma estética canônica da representação do Brasil – a paisagem, a gente, as festas, o trabalho e os costumes -, Tarsila é um dos nomes mais aclamados na história da arte brasileira e, ao mesmo tempo, um vulto cuja vida íntima é pouquíssimo conhecida.

Criada em uma família conservadora, dona de terras no interior de São Paulo, Tarsila rompeu, no início do século XX, as barreiras do moralismo de sua época para se tornar uma artista mundialmente conhecida. Engana-se, porém, quem acha que ela teve uma vida apenas gloriosa. Desilusões amorosas e traições, ataques à sua arte e à sua honra, julgamentos reacionários à sua tentativa de romper com a vida burguesa e até mesmo acusações de que seria colaboradora da polícia política de Getúlio Vargas são indicações da coleção de infortúnios que a assombraram em vida.

 

Sobre a autora:

Mary Del Priore é historiadora, professora e escritora. Lecionou nos departamentos de história da Universidade de São Paulo (USP) e da
Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio). Fez pós-doutorado em ciências sociais na École des Hautes Études, na França. Colabora com dezenas de jornais e revistas nacionais e estrangeiras. Além disso, foi vencedora do Prêmio Jabuti – Ciências Humanas, em 1998, por História das mulheres no Brasil (Unespe/Contexto); do prêmio da APCA – Não Ficção, em 2008, por “O príncipe maldito” e do prêmio Fundação Biblioteca Nacional, em 2009, por Condessa de Barral, entre outros. Desde 2022, é membro da Academia Paulista de Letras. Tarsila: Uma vida doce-amarga é sua estreia na Editora José Olympio.

 

O que esperar do livro “Tarsila: Uma vida doce-amarga”?

Com toda a certeza, o estilo de escrita de Mary Del Priore nos aproxima de Tarsila de forma impar. A narração desta biografia alia o lirismo da contação de histórias ao rigor da pesquisa em arquivo, e vai trazendo, aos poucos, sabores que sustentam um perfil incomum da grande modernista. Tanto na revolução iconográfica que suas imagens representaram quanto na invenção de uma nova posição para a mulher na sociedade paulistana. Sem contar que “Tarsila: Uma vida doce-amarga” é uma oportunidade única de conhecer de perto uma das artistas mais queridas pelo público, em uma leitura prazerosa, repleta de revelações. E ricamente ilustrada por dois cadernos de imagens com fotos raras de Tarsila e os principais destaques na imprensa sobre sua produção.

LANÇAMENTOS IMPERDÍVEIS DA EDITORA VERUS NO MÊS DE FEVEREIRO FILMES DE ANIMAÇÃO QUE TAMBÉM SÃO COMÉDIAS ROMÂNTICAS LIVROS SOBRE MITOLOGIA GREGA, ALÉM DE PERCY JACKSON LIVROS QUE LEMBRAM “TODOS MENOS VOCÊ” ONDE ASSISTIR OS INDICADOS AO OSCAR 2024? LANÇAMENTOS DA EDITORA ALT EM 2024 Livros que serão adaptados em 2024 Contos natalinos para você ler no Kindle Unlimited Willy Wonka: Conheça as versões do personagem Expansão “Aluga-se” do The sims 4: O que esperar? A Cantiga dos Pássaros e das Serpentes: vale a pena ver? Se o personagem do seu filme favorito fosse uma animação da Pixar Livros de Edgar Allan Poe em A Queda da Casa de Usher Músicas que falam sobre términos Livros com jogadores de futebol americano para você ler Livros do Grupo Editorial Record para o Dia das Crianças Conheça Cyberpunk 2077: Nenhum acaso AMOR E LIVROS! ENTREVISTA EXCLUSIVA COM JENNA EVANS WELCH, AUTORA DE AMOR E GELATO