Conheça o livro "O homem pré-histórico também é mulher"

Lançamento de Rosa dos Tempos, "O homem pré-histórico também é mulher"

Sendo um dos mais recentes lançamentos da Editora Rosa dos Tempos, vamos conhecer o livro “O homem pré-histórico também é mulher”. Aliás, esse livro está dando o que falar por aí. Pois corrige a representação de mulheres pré-históricas ao explorar seu comportamento, ao longo dos anos. Incluindo que Marylène Patou-Mathis utilizou a arqueologia de gênero para alterar o imaginário sociocultural que forjou esse estereótipo. Dessa maneira, que tal falarmos do livro “O homem pré-histórico também é mulher”?!

Confira também: Conheça Dunstan, o novo livro de Conn Iggulden

Sinopse:

Não perca o lançamento de "O homem pré-histórico também é mulher"“Não! As mulheres pré-históricas não passavam o tempo varrendo a caverna! E se elas também tiverem pintado Lascaux, caçado bisões, talhado ferramentas e protagonizado a origem das inovações e dos avanços sociais?”

Com essa provocação, a proeminente arqueóloga e pré-historiadora francesa Marylène Patou-Mathis começa este minucioso livro sobre arqueologia de gênero. O imaginário sociocultural forjou a ideia de que, na pré-história, as mulheres eram coletoras delicadas e vulneráveis, restritas ao espaço doméstico e familiar. É comum também serem retratadas sendo arrastadas pelo cabelo por homens portando um tacape, levadas como troféus de caça. Ainda mais, a autora revela uma mulher pré-histórica além dessas representações repetidas à exaustão. Desde os primeiros historiadores e arqueólogos, todos eles homens, até a atualidade.

Quem é a autora?

Marylène Patou-Mathis é uma pré-historiadora apaixonada por aprender sobre o comportamento dos primeiros humanos, especialmente dos neandertais. É diretora de pesquisa no Centre National de La Recherche Scientifique e trabalha no departamento de Humanidade e Meio Ambiente no Museu de História Natural, ambos de Paris.  Assim também, escreveu inúmeros livros sobre a temática pré-histórica.

O que esperar do livro?!

Acima de tudo, “O homem pré-histórico também é mulher” vem com uma proposta diferente dos demais trabalhos. Especialmente por ser tratar de uma quebra de paradigmas sociais. Sem contar que a obra tem como objetivo corrigir um erro secular ao dar voz para nossas ancestrais e reconstituir sua dignidade através de argumentos sólidos e embasados em pesquisas recentes sobre arqueologia.

Do mesmo modo que o livro também expõe como essas imagens são um reflexo dos valores sociais patriarcais e burgueses. Tanto que mostra como essa ideia foi desmistificada através dos anos por mulheres que tomaram espaço na ciência para contribuir com estudos pré-históricos. Ou seja, personalidades como Marylène Patou-Mathis são responsáveis por trazer essa perspectiva.

Veja também: Terra das Marés é o novo romance de Phillipa Gregory

LANÇAMENTOS IMPERDÍVEIS DA EDITORA VERUS NO MÊS DE FEVEREIRO FILMES DE ANIMAÇÃO QUE TAMBÉM SÃO COMÉDIAS ROMÂNTICAS LIVROS SOBRE MITOLOGIA GREGA, ALÉM DE PERCY JACKSON LIVROS QUE LEMBRAM “TODOS MENOS VOCÊ” ONDE ASSISTIR OS INDICADOS AO OSCAR 2024? LANÇAMENTOS DA EDITORA ALT EM 2024 Livros que serão adaptados em 2024 Contos natalinos para você ler no Kindle Unlimited Willy Wonka: Conheça as versões do personagem Expansão “Aluga-se” do The sims 4: O que esperar? A Cantiga dos Pássaros e das Serpentes: vale a pena ver? Se o personagem do seu filme favorito fosse uma animação da Pixar Livros de Edgar Allan Poe em A Queda da Casa de Usher Músicas que falam sobre términos Livros com jogadores de futebol americano para você ler Livros do Grupo Editorial Record para o Dia das Crianças Conheça Cyberpunk 2077: Nenhum acaso AMOR E LIVROS! ENTREVISTA EXCLUSIVA COM JENNA EVANS WELCH, AUTORA DE AMOR E GELATO