Chegou aquele momento do mês em que liberamos a lista com os lançamentos futuros do Grupo Companhia das Letras. Estão prontos? Só tem livrão!

Suma

  • Até os ossos, de Camille de Angelis

Vencedor do Alex Award de 2016, Até os ossos deu origem ao filme homônimo de Luca Guadagnino (diretor de Me chame pelo seu nome), estrelado por Taylor Russell e Timothée Chalamet, e narra a trajetória de Maren, uma jovem com tendências canibais que, após ser abandonada pela mãe, inicia uma jornada à procura do pai e em busca de respostas.

Seguinte

Contos e lendas afro-brasileiros (Edição revista e atualizada), de Reginaldo Prandi

Capturados e transportados ao Brasil, onde foram escravizados, os africanos trouxeram consigo seus contos e suas lendas — entre eles, histórias que narram o mito da criação do mundo.

Boletinhos, de Alan Soares

O manual de que todo jovem precisa para encarar a vida adulta e fazer as pazes com o dinheiro.

Meu corpo te ofende?, de Mayra Cuevas e Marie Marquardt

Uma história divertida e inspiradora sobre duas adolescentes que descobrem o poder da amizade, do feminismo e de defender aquilo em que se acredita.

Paralela

  • Um pouco de aventura, de Christina Lauren

Um pouco de aventura é um romance ousado e divertido sobre sonhos, segundas chances e, claro, amor.

Penguin

  • Essencial Sérgio Buarque de Holanda, Sérgio Buarque de Holanda

Amostra da multifacetada produção de um dos grandes intérpretes do Brasil, este livro inclui textos sobre história e literatura num volume fundamental para todos aqueles que desejam iniciar — ou continuar — os estudos da obra de Sérgio Buarque de Holanda.

  • Evguiêni Oniéguin, de Aleksandr Púchkin

Um dos romances mais importantes da literatura russa chega às livrarias brasileiras em tradução inédita de Rubens Figueiredo.

Zahar

  • A psicose, de Neusa Santos Souza

Referência indispensável no campo da saúde mental e na transmissão de conhecimento, Neusa Santos Souza nos oferece neste livro um estudo esclarecedor sobre o pensamento de Lacan a respeito da psicose, fundamentada naquilo em que ela esteve sempre mergulhada: o desafio cotidiano da clínica com seus pacientes.

  • Forma, de Jordan Ellenberg

Do mesmo autor de O poder do pensamento matemático e best-seller do New York Times, Forma revela como a geometria não se contenta em medir o mundo — ela o explica.

Companhia das Letras

  • Mil anos de alegrias e tristezas, de Ai Weiwei

Aclamado como um dos mais célebres artistas em atividade e uma voz insilenciável da liberdade, Ai Weiwei traz nestas memórias um relato íntimo e arrebatador sobre família, resistência, política e — como um amálgama de todos esses — arte.

  • Jet Lag, Waly Salomão [org. Omar Salomão]

Ilustrada com monotipias de Luiz Zerbini e organizada por Omar Salomão, esta antologia é um convite para refletir sobre o significado de viajar — e de voltar para a própria casa.

  • Memória e sociedade: Lembranças de velhos (Nova edição), Ecléa Bosi

Ensaio polifônico sobre a memória e suas relações com a vida dos imigrantes e operários da cidade de São Paulo, elaborado a partir de depoimentos de pessoas idosas – de “lembranças de velhos”. Uma fonte preciosa de ensinamentos sobre o mundo do trabalho no Brasil.

  • A vida descalço, Alan Pauls

Nesta mescla magnética de ensaio e memória, o autor argentino faz da praia o lugar da disponibilidade, dos encontros, do ócio, espaço-chave na vida moderna; experiência íntima e estereótipo, utopia selvagem e palco daquilo que chamamos de civilização.

  • Santa Evita (Nova edição), Tomás Eloy Martínez

Romance repleto de revelações sobre a mulher mais arbitrária e magnética da Argentina. O ponto de partida são as “aventuras” de seu corpo embalsamado e dos patéticos personagens com ele envolvidos.

  • Nosso corpo, seu campo de batalha, Christina Lamb

Neste livro, a coautora de Eu sou Malala Christina Lamb nos faz testemunhas da vida de mulheres durante a guerra e ilumina algumas das partes mais sombrias da experiência humana — para que possamos encontrar um novo caminho a seguir.

  • Mário e o mágico, Thomas Mann

Pequena obra de arte do autor de A montanha mágica, a novela Mário e o mágico retrata — a partir das atitudes cruéis de um obscuro ilusionista — o gérmen do fascismo na Europa do século XX.

  • Mais uma vez, Olive, Elizabeth Strout

Continuando de onde Olive Kitteridge parou, Mais uma vez, Olive segue a próxima década da vida de Olive, a incansável e teimosa personagem que conquistou milhares de leitores ao redor do mundo.

LANÇAMENTOS IMPERDÍVEIS DA EDITORA VERUS NO MÊS DE FEVEREIRO FILMES DE ANIMAÇÃO QUE TAMBÉM SÃO COMÉDIAS ROMÂNTICAS LIVROS SOBRE MITOLOGIA GREGA, ALÉM DE PERCY JACKSON LIVROS QUE LEMBRAM “TODOS MENOS VOCÊ” ONDE ASSISTIR OS INDICADOS AO OSCAR 2024? LANÇAMENTOS DA EDITORA ALT EM 2024 Livros que serão adaptados em 2024 Contos natalinos para você ler no Kindle Unlimited Willy Wonka: Conheça as versões do personagem Expansão “Aluga-se” do The sims 4: O que esperar? A Cantiga dos Pássaros e das Serpentes: vale a pena ver? Se o personagem do seu filme favorito fosse uma animação da Pixar Livros de Edgar Allan Poe em A Queda da Casa de Usher Músicas que falam sobre términos Livros com jogadores de futebol americano para você ler Livros do Grupo Editorial Record para o Dia das Crianças Conheça Cyberpunk 2077: Nenhum acaso AMOR E LIVROS! ENTREVISTA EXCLUSIVA COM JENNA EVANS WELCH, AUTORA DE AMOR E GELATO