Pequenos Grandes Heróis foi um dos filmes mais aguardados da Netflix. Motivo? Simples, a nostalgia dos heróis que conhecemos no ano de 2005, Sharkboy e Lavagirl. A dupla foi febre por ser um dos primeiros filmes 3D e com uma edição para lá de “inovadora” para o ano.

Entretanto, nem tudo é tão lindo como parece. Para te ajudar a decidir se vale apena ou não assistir Pequenos Grandes Heróis, listei aqui 2 motivos para você não assistir o filme. Por outro lado, também te dou 3 motivos para você dar uma chance. Preparados?

NEGATIVO

  • O mesmo do mesmo

A principio quando você começa assistir o filme, já vem em sua mente diversos enredos com a temática bem parecida: Pais raptados e os filhos tendo que salvar o mundo. (Um exemplo é Pequenos Espiões do mesmo cineasta). Aqui não foge muito disso, a única diferença que eles não são treinados em uma escola para jovens prodígios. Tudo bem que existe um plot bem bacana (que falarei disso no final), mas ainda assim você sente que é um enredo batido.

  •  Bobo

Sim, o foco é nas crianças e por isso as situações acabam passando a imagem de bobas e cansativas. Não existe lá grandes emoções, é muito mais um filme típico da sessão da tarde para assistir quando você não tem muita coisa para ver. Então, se você não tem muita paciência para brigas infantis ou até mesmo cenas sem grandes elaborações, é melhor ver outra coisa.

Sharkbay e Lavagirl com a filha Guby
Guby é a mais nova do grupo e é filha do Sharkboy e da Lavagirl

POSITIVO

  • 1. Plot Twister interessante

Eu falei ali em cima que Pequenos Grandes Heróis é um filme que é muito parecido com diversos outros da temática, porém ele tem um plot bem interessante e com uma boa lição moral, se assim podemos dizer. Eu particularmente esperava outra coisa, mas fiquei feliz. Não é algo mirabolante, muito pelo contrário, é só prestar um pouco mais de atenção que você descobre, mas é algo que vale a pena.

  • 2. Divertido e leve

É um filme bobinho e bem simples, porém os personagens são divertidos e carismáticos. A filha da Lavagirl e do Sharkboy, a Guppy, é um amorzinho e ao mesmo tempo cheia de personalidade. Outros personagens que rendem bons momentos são os gêmeos que conseguem alterar o tempo e o Solar, o menino elástico. Todos os personagens deixam o filme mais leve e bem gostoso para assistir em uma tarde com a família.

  • 3. Nostalgia

Tudo bem que se você espera mais cena do Sharkboy e da Lavagirl, espere sentado, porém os momentos que a dupla aparece dividindo a cena com outros heróis são bem legais e deixa aquela vontade de pegar e assistir outros filmes com a mesma temática. Outra coisa que dá aquele gostinho de saudades são as cores e os efeitos. Obviamente não são efeitos bizarros como em 2005, mas alguns fazem alusão a isso e a coloração do cenário ajuda muito. Vale assistir Pequenos Grandes Heróis se você quer matar saudades de filmes com a estética de Sharkboy e LavaGirl.

Chegamos ao fim dos 2 motivos para não assistir e 3 para assistir, mas tenho que complementar com a minha opinião que no geral eu gostei. Não é um filme que ficamos “Oh como ele é bom!”, mas dá para se distrair com a família ou até mesmo sozinha. Se eu quero mais? Ainda não sei, aguardando os próximos capítulos.

 

Top Filmes com ex-RBD FILMES DA TRILOGIA X DIRIGIDOS POR TI WEST Filmes originais da Netflix que são adaptações literárias Livros com o casal Ídolo e Fã! Filmes que são Dark Fantasy 6 livros da editora Intrínseca para o Dia Internacional da Mulher Histórias de Akira Toriyama Livros com o casal Grumpy x Sunshine FILMES DIRIGIDOS POR HAYAO MIYAZAKI NO STUDIO GHIBLI LANÇAMENTOS IMPERDÍVEIS DA EDITORA VERUS NO MÊS DE FEVEREIRO FILMES DE ANIMAÇÃO QUE TAMBÉM SÃO COMÉDIAS ROMÂNTICAS LIVROS SOBRE MITOLOGIA GREGA, ALÉM DE PERCY JACKSON LIVROS QUE LEMBRAM “TODOS MENOS VOCÊ” ONDE ASSISTIR OS INDICADOS AO OSCAR 2024? LANÇAMENTOS DA EDITORA ALT EM 2024 Livros que serão adaptados em 2024 Contos natalinos para você ler no Kindle Unlimited Willy Wonka: Conheça as versões do personagem