...
Sense8 episódio final foto divulgação

Sense8 episódio final

Tudo que é bom dura pouco e a nossa série favorita, Sense8, durou menos ainda. Depois do final arrebatador da segunda temporada, todos os fãs receberam a bomba de que a série estava sendo cancela. Como assim? Não é possível! Mas a Netflix ouviu a prece dos fãs, incluindo a minha, e nos presenteou com um episódio final simplesmente incrível e a cara de Sense8.

O episódio de 2 horas e meia começa nos momentos seguintes do nosso cluster tendo Sussurro como prisioneiro. É tão legal ver todos eles juntos, no mesmo lugar, sem ser mentalmente. Mas não só eles, seus personagens de apoio também, como Hernando, Dani, Amanita e até mesmo Rajan, por quem você acaba criando um carinho enorme! Mesmo com muito tempo de episódio, nada se torna cansativo. Tudo é muito bem equilibrado entre ação, momentos de tensão, tristeza e alegria, porque o que mais esses personagens sabem fazer é aproveitar cada instante de paz e tranquilidade que a vida oferece. Mesmo eles estando prontos para entrar em uma guerra.

Personagens Lito, Hernando e Dani durante o episódio final
Personagens Lito, Hernando e Dani durante o episódio final

Todo mundo sabe que Sense8 é muito mais do que uma simples série de ficção cientifica e bizarrices. É uma história que questiona tudo que estamos vivendo, os preconceitos, as dificuldades, a intolerância, a realidade de países pobres. É uma série que vai muito além de tudo. Ela te convida a questionar as coisas que acontecem à sua volta. E nesse capítulo final não fica muito atrás do objetivo da história. Ele trabalha, claro, o enredo principal que é a liberdade não só do cluster que conhecemos, mas também de todos ao redor do mundo, do vilão Sussurro e dos seus cientistas. Porém, ele foca, principalmente, nas diferenças, o que nos transforma em únicos e especiais, mas de qualquer forma isso não torna ninguém melhor ou pior que o outro. No final das contas, todos somos iguais.

Os personagens secundários tiveram seu momento de brilhar nesse episódio, o que foi bem legal, pois nem todos tiveram tanto destaque ao longo das duas temporadas. Como por exemplo Rajan, que só era visto como o marido possessivo e corno, afinal, todo mundo sabe do amor da Kala por Wolfgang, mas isso não o torna o pior personagem. Nesse episódio conseguimos ver o que ele realmente é, o que ele realmente sente pela Kala. E com isso ele ganha um lugarzinho no nosso coração.

Personagens Kala e Rajan no episódio final
Personagens Kala e Rajan no episódio final

Outro personagem que temos a chance de passar um tempinho com ele é o detetive Mun, que é uma gracinha e deixa a vida da nossa revoltada Sun só amor. Ele continua não aparecendo tanto, porém quando aparece acabamos aos pouquinhos conhecendo mais da personalidade e descobrindo que no fundo ele não é tão sério. O melhor do personagem é que ele não fica com aquela ideia de que por ele ser policial e saber lutar, tem que fazer o papel de defensor da Sun, mas não, ele é do tipo “eu vou lutar ao seu lado”. Ou seja, mas um questionamento sério em que a mulher não precisa de homem defendendo, ela pode fazer isso por si só. Afinal, todo mundo sabe que a Sun é a melhor.

Claro que não poderia deixar de falar do nosso grupinho favorito! É engraçado assistir esse episódio final e lembrar lá atrás como tudo começou. Eles eram tão diferentes do que são agora, existe uma evolução tão grande que dá até vontade de você querer continuar para sempre acompanhando. Por exemplo, a deprimente Riley, que tudo para ela não iria dar certo, com um ar de depressão tão grande que até contagiava o Will. Mas agora vemos uma personagem totalmente diferente, cheia de vida, forte, confiante, que acredita nas coisa, luta por aquilo que deseja. Ela está totalmente diferente daquela pessoa da primeira temporada.

Riley e Will no episódio final de Sense8
Riley e Will no episódio final de Sense8

Assim também é com Wolfgang, só que de maneira oposta. Ele era uma pessoa impulsiva, que só queria sacanagem e briga. Porém você consegue ver gradativamente, desde a segunda temporada, uma mudança bem importante de amadurecimento no personagem. Ele está mais maduro, segue mais seu coração e escuta mais as pessoas, principalmente seus companheiros. Claro que falando dele temos que lembrar da Kala, que deixou de ser aquela farmacêutica sem graça que ficava dividida entre o marido, sua religião e gostosão alemão, para uma assumida dona flor e seus dois maridos. Ela foi a maior revolução e revelação da série.

Não existem palavras para explicar o que os personagens Lito, Nomi, Sun, Capheus e Will representam nessa história toda, pois eles são tão importantes quanto os outros personagens já citados. Eles carregam uma carga grande de significados, reflexões, intolerância. Eles são a imagem do que as pessoas deveriam ser. Eles são amor, assim como toda a história de Sense8. Lito, uma pessoa alegre que não muda seu jeitinho por nada, como sempre tira bons momentos de tudo, quando descobre o amor resolve lutar por ele. Nomi, a nerd mais sexy que você vai encontrar, leal e que só quer viver seu amor com Amanita. Sun, aquela pessoa sofrida, acusada injustamente que parecia mais um robô e hoje sorri, transformando-se na maior força desse cluster. Capheus representa todos nós que quando algo bom acontece parece que é um sonho, vive em dificuldades e por isso sabe a importância dos amigos, da união e de mostrar o que somos de verdade. Will, ele é simplesmente Will, o que deu força a todos para chegarem aonde chegaram, serem quem são, acreditar uns nos outros e lutar pelo amor.

Não vou dizer que a série não possui erros, pois tudo possui e no caso de Sense8 são os exageros nas cenas de ação. É tiro e sangue para tudo quanto é lado, mas nunca pega ninguém. Porém, é muito bom assistir isso, porque você sabe que eles vão se dar bem, mas vão se ferrar de outra forma ali na frente. O que faz tudo valer são as reviravoltas que acontecem.

Sense8 episódio final cluster reunido
Sense8 episódio final cluster reunido

Voltando a falar sobre Sense8 episódio final, são duas horas que os fãs mais precisavam depois de uma notícia bem triste, pois quem acompanha a série sabe o quão importante é o debate dos assuntos que ela aborda. Nesse momento a produtora, nossa incrível Lana, conseguiu deixar tudo incrível e lindo. É o final que a série merecia. Sense8 merece respeito, pois em um mundo tão cruel as pessoas têm coragem de contar a sua história e ser quem elas são. Lana Wachowski fez um trabalho tão incrível que conseguimos ver no final todo orgulho dela ali naquele trabalho tão inovador.

Sense8 é uma história de amor, superação, luta e principalmente que a vida não é tão fácil  e não importa quem você seja. Todo o roteiro é feito para quem for assistir abrir a mente e começar a ver o mundo e as coisas com um novo olhar. A série nos convida a sair da bolha e olharmos o mundo como um só. Afinal, a ideia dos personagens estarem conectados é que no fundo todos somos um só, lutamos pelos mesmos ideais, não somos diferentes uns dos outros, talvez aparentemente, mas na realidade não somos. É um tipo de série que fala sobre polêmicas sem transformar o assunto em uma polêmica, mostra que deveria ser visto como natural. Como por exemplo a mudança de sexo, amor entre pessoas do mesmo sexo, o próprio sexo, não importa, tudo é forma de amor, forma de amar, e isso deveria ser tratado com naturalidade. Outra coisa é a realidade da África, que mesmo tanto tempo depois ela ainda vive na maior dificuldade, as pessoas ali não tem esperança. Entre muitos outros assuntos, essa sem dúvidas uma série que tinha muito o que falar ainda, mas infelizmente não poderá.

Certamente Sense8 vai fazer muita falta, pois eles nos conquistaram com as suas peculiaridades, por serem autênticos, com personagens muito bem desenvolvidos, atores incríveis e que fogem do padrão hollywoodiano e de séries que estamos acostumados, mas principalmente pela confusão mental que essa história causa.

Todos os fãs são gratos a Netflix por permitir e dar um final digno a uma série que revolucionou a vida e o amor.

Obs: O que é a última cena? Não tinha maneira melhor de acabar!!!!

Séries para quem amou Maxton Hall Bridgerton (3ª): O esperar da parte dois? Séries para você assistir no Dia das Mães As Melhores Trilhas Sonoras de Todos os Tempos Filmes de terror para assistir em maio 2024 FANFICS QUE VIRARAM FILMES PRODUÇÕES SOBRE FÓRMULA 1 A verdade sobre Bebê Rena Rota literária: conheça o aplicativo para leitores Top Filmes com ex-RBD FILMES DA TRILOGIA X DIRIGIDOS POR TI WEST Filmes originais da Netflix que são adaptações literárias Livros com o casal Ídolo e Fã! Filmes que são Dark Fantasy 6 livros da editora Intrínseca para o Dia Internacional da Mulher Histórias de Akira Toriyama Livros com o casal Grumpy x Sunshine FILMES DIRIGIDOS POR HAYAO MIYAZAKI NO STUDIO GHIBLI