...

Que beleza é assunto sério na Coreia do Sul, isso não é novidade. O país é obcecado por cosméticos, principalmente no tratamento de pele. Em comparação com as americanas, sul coreanos, tanto mulheres quanto homens, gastam quase que o dobro com produtos de beleza. Por essa razão, a Coreia do Sul é conhecida mundialmente por seus cosméticos (conhecidos também como K-beauty), e as exportações só crescem. Em 2015, o país vendeu mais de US$ 2,64 bilhões ao exterior. Os cosméticos envolvem desde tratar cravos e espinhas até clarear o tom de pele. Mas quando um simples cosmético vira uma obsessão estética?

O padrão de beleza sul coreano vai em direção ao ocidente: rosto pequeno e delicado, olhos grandes, nariz fino e arrebitado, sorriso perfeito, cintura fina e corpo esbelto, além de uma pele branca.  Ao contrário do Brasil, coreanos se preocupam muito mais com ao rosto do que com o corpo. Com isso em mente, cada vez mais procedimentos estéticos são procurados para modificar algo até encontrar o considerado perfeito.

Em 2014, uma pesquisa realizada pela Agência de Consumo da Coreia (KCA) com 1.000 pacientes, mostra que 70% responderam que já haviam feito algum tipo de cirurgia para melhorar a aparência. Assim, 14,5% afirmaram que a modificação aumentou as chances que tinham de arrumar emprego ou conseguir promoção. 67,8% dos pacientes disseram que já fizeram a cirurgia mais comum na Coreia, que foi para mudar o formato dos olhos (pois é considerado bonito quem tem pálpebras dublas). Porém, 32,3% dos que responderam, afirmaram que o resultado ainda não estava satisfatório.

As empresas

Se isso já é assunto sério para cidadãos sul coreanos, imagina para os K-idols, celebridades que estão constantemente sendo cobrados? Seja por suas agências, pela mídia e até pelos próprios fãs a serem perfeitos?

Que as empresas que administram os grupos do K-pop fazem seus trainees realizarem cirurgias plásticas, isso não é surpresa para ninguém. Em alguns dos contratos, há cláusulas que permitem a empresa exigir modificações cirúrgicas de seus trainees e ídolos. Claro, se a mesma achar necessário.

Porém, a pressão não vem apenas pelas empresas. Os fãs também exigem que seus ídolos tenham aparências melhores e se encaixem no padrão de beleza esperado. Como a opinião dos fãs é realmente levada em consideração, muitos ídolos, além das cirurgias plásticas, também se submetem a dietas radicais. Chagam a ficar sem comer, enquanto se dedicam a treinamentos intensos para conseguirem ter o corpo considerado ideal. Não é de se chocar alguma celebridade aparecer 20 kg mais magra.

Exemplos de celebridades que já passaram pelo bisturi ou dietas absurdas:

  1. Park Bom (ex-2ne1)

O caso mais perceptível de celebridades realizando cirurgias plásticas foi o da cantora Park Bom (ex-2ne1). Ela já realizou tantos procedimentos que fica difícil reconhecer como ela já foi um dia. Cirurgias que ela já se submeteu foram: pelo menos, dois trabalhos no nariz, cirurgia de pálpebra dupla, remodelação facial e, provavelmente, implantes mamários. Nunca foi segredo os procedimentos que Park Bom realizava. Aliás, ela ficou conhecida como “Barbie Coreana” por parte da mídia.

  1. Goo Hara (ex-KARA)

A cantora não escondeu seus procedimentos cirúrgicos. No entanto, ao ser questionada, a mesma assumiu ter feito, ela também disse que ficou aliviada em falar sobre o assunto. Ela foi forçada a fazer cirurgia plástica, se não, ela não teria entrado na empresa.

  1. Grupo Brown Eyed Girls

Sim, todas as integrantes do grupo feminino realizaram cirurgias plásticas. No início de suas carreiras, elas não fizeram sucesso, as vendas não correspondiam às expectativas da empresa. Se bem que querendo ou não, a aparência foi sim um dos motivos, alguns fãs afirmavam que “elas não eram bonitas o suficiente”. Com o intuito de alavancarem a carreira, resolveram as 4 se submeterem à procedimentos cirúrgicos. Só depois de inúmeras cirurgias que elas começaram a receber atenção. Elas também foram o primeiro grupo a brincarem com a “beleza natural” no programa de humor SNL (versão coreana do Saturday Night Live).

  1. Kwanghee – ZE:A

Não são apenas mulheres que se submetem ao bisturi, homens também. Um caso conhecido é o do cantor Kwanghee, o grupo ZE:A. Ele fez modificações no nariz e a famosa cirurgia de pálpebra dubla. O curioso é que a agência dele não aceitava cirurgias plásticas (um caso raro), então ele teve que sair para conseguir realizar os procedimentos que queria. Depois ele conseguiu voltar e entrar para o ZE:A.

  1. T.O.P (Big Bang) e Ailee (solo)

Há ídolos, femininos e masculinos, que não passaram por cirurgias plásticas. Contudo, passaram por dietas absurdas e treinamentos pesados para perderem peso, seja por pressão do público ou, até mesmo, por suas agências. Por exemplo o T.O.P, que ou ele emagrecia, ou ele não debutava. Ailee também sofreu muito. Conhecida como uma das vozes mais poderosas do K-Pop, ela sentiu uma mudança no tom de voz depois do emagrecimento forçado. Porém, também admite que tem medo de voltar ao seu peso original.

Curiosidades:

Não é todo mundo que aceita a clausula no contrato de suas empresas para realizarem procedimentos cirúrgicos. Lee Chan Hyuk, integrante da dupla de irmãos do AKMU, da YG Entertainment, disse em entrevista que ao fazer o contrato com a agência, pediu para colocarem uma cláusula, afirmando que ele e a irmã não iriam fazer nenhuma cirurgia plástica. Só para exemplificar mais um vez, quem recusou ao bisturi imposto pela empresa foi a cantora CL (ex-2ne1). Em entrevista à revista ELLE, afirmou que o CEO da YG Entertainment falou para ela realizar uma cirurgia plástica antes de sua estreia. Pois ela era muito “feia”, porém, que ela se recusou a fazer.

Mas porque eles não assumem suas cirurgias?

Por mais que um idol não seja bonito e seja exigido uma intervenção cirúrgica, ele não pode admitir que fez. É considerado bonito e é muito elogiado quando uma celebridade tem beleza natural (o que é raro). Isto é, quando surge a informação que fez alguma modificação estética, já vira polêmica pela mídia, e será criticado por parte do público.

No país, alguns homens se recusam a casar com mulheres que fizeram cirurgias plásticas. Pois além de se sentirem “enganados”, vão acreditar que terão filhos feios. Já aconteceu de um chinês processar sua mulher por lhe dar filhos “feios” (e venceu o processo).

Cirurgia plástica é algo normal na cultura sul coreana, mas ninguém admite que fez.

Qual o problema das cirurgias para um público em geral?

Os fãs asiáticos são obcecados pelo padrão de beleza dos ídolos sul coreanos. Eles são vistos como algo a ser almejado, e você não é bom o suficiente até conseguir atingir aquele padrão considerado ideal. Se você é considerado “feio”, isso com certeza pode te atrapalhar a conseguir um emprego ou, até mesmo, a socializar na escola ou faculdade. Como falamos anteriormente, padrão de beleza é algo sério para os sul coreanos.

Então, vendo esses ídolos de maneira tão “perfeita”, pode fazer uma pessoa tomar atitudes radicais para encontrarem essa perfeição. Já aconteceu de sair a seguinte matéria na mídia “Garota que sofria bullying por sua aparência se transforma na Jessica (ex-SNSD)”

Cintura, pernas e braços finos são vistos como algo bonito na Coreia, o que nos leva ao alto índice de anorexia no país. Por mais que pareçam saudáveis por fora, a maioria dos K-idols, em sua maior parte, mulheres, estão abaixo do peso ideal para sua altura. E isso influencia as fãs a buscarem o mesmo. Já os homens, têm a obrigação de possuírem aquela barriga com ‘tanquinho’ (o famoso abs).

Ou seja, muitos ídolos têm fãs que os idolatram de uma maneira que consideram seu corpo, seu rosto, até seu jeito de falar, como padrão ideal, e se não for discutido, pode levar à ações extremas.

Bridgerton (3ª): O esperar da parte dois? Séries para você assistir no Dia das Mães As Melhores Trilhas Sonoras de Todos os Tempos Filmes de terror para assistir em maio 2024 FANFICS QUE VIRARAM FILMES PRODUÇÕES SOBRE FÓRMULA 1 A verdade sobre Bebê Rena Rota literária: conheça o aplicativo para leitores Top Filmes com ex-RBD FILMES DA TRILOGIA X DIRIGIDOS POR TI WEST Filmes originais da Netflix que são adaptações literárias Livros com o casal Ídolo e Fã! Filmes que são Dark Fantasy 6 livros da editora Intrínseca para o Dia Internacional da Mulher Histórias de Akira Toriyama Livros com o casal Grumpy x Sunshine FILMES DIRIGIDOS POR HAYAO MIYAZAKI NO STUDIO GHIBLI LANÇAMENTOS IMPERDÍVEIS DA EDITORA VERUS NO MÊS DE FEVEREIRO