...

Se você é fã de livros e tem uma conta em redes sociais como Instagram ou TikTok, já deve ter se deparado em algum momento com o termo “trope literária”. Esse é apenas um dos termos que existem nesse meio, e que falaremos um pouco mais sobre ele hoje. 

Tropes são ferramentas ou uma espécie de recurso narrativo utilizado para contar uma história. E hoje vamos explicar a tradução do que significam alguns desses termos criados!

Enemies to lovers e Haters to lovers! 

Em tradução livre, aqui temos os casais que vão de “inimigos à amantes” e os casais que vão de “odiadores à amantes”. Lembrando que existe uma diferença entre as duas tropes.

Quando lemos livros onde os casais são inimigos e depois se apaixonam (enemies to lovers), significa que ambos possuem uma extrema antipatia um pelo outro, estão em lados totalmente opostos e tentam até se matar. Nesses casos podem acontecer agressões verbais e físicas antes de, enfim, ficarem juntos. Podemos ver esse estilo de narrativa em livros como De Sangue e Cinzas, Trono de Vidro, O Príncipe Cruel, etc. 

Já em livros onde aquele casal apenas não se dá muito bem um com o outro, apresentam alguma rixa boba (podendo ser uma rixa acadêmica, em escritório, etc), nós chamamos apenas de haters to lovers. Eles se odeiam, mas não a ponto de se matar. É o famoso “casal gato e rato”. Esse tipo de trope é constantemente encontrada em alguns livros de época, como em Os Bridgertons ou em Orgulho e Preconceito. 

Fake Dating 

Aqui é onde acontece o famoso “namoro de mentirinha”. Onde uma das partes faz um acordo e oferece a oportunidade de iniciar um namoro de mentira para fazer ciúmes em alguém, fazer uma visita aos pais ou qualquer motivo que seja. 

O casal finge namorar por um tempo até realmente se apaixonar e perceber que não vivem um sem o outro. Esse é o caso de histórias como A Hipótese do Amor e Uma Farsa de Amor na Espanha.

Friends to lovers

Ao contrário do enemies ou haters to lovers, em friends to lovers nós acompanhamos a história de dois amigos que ou percebem que sempre estiveram apaixonados um pelo outro, mas nunca perceberam até determinado momento da história. Ou então amigos que descobrem que poder ser algo mais e que existe um sentimento surgindo entre eles.

Esse tipo de narrativa pode ser visto em livros como Heartstopper, Mais Que Amigos e Fisgados Pelo Amor

Second Chance 

Sabe quando um casal parece perfeito um para o outro, mas por algum motivo acaba ocorrendo uma separação dramática? Em “segunda chance” nós torcemos para esse casal acabar se acertando e terminar juntos, como deve ser. Todas as Suas Imperfeições, Depois do Sim e Na Estrada com o Ex são alguns exemplos de romance com segundas chances.

Outros tipos de tropes literárias

Existem uma gama de possibilidades quando o assunto são tropes literárias. Além dos citados acima, temos também alguns como:

  • Only one bed (apenas uma cama) onde o casal se encontra em uma situação onde existe apenas uma cama disponível para ambos, como em Teto para Dois. 
  • Triângulo amoroso o nome já diz tudo! Temos ali uma pessoa no centro, sendo obrigada a lidar com mais de um interesse amoroso, como podemos ver em A Seleção, em Crepúsculo e na série Desejo, da Tracy Wolff.
  • Grumpy x Sunshine onde um é ranzinza e outro fofo como um golden. Em livros como Aconteceu Naquele Verão vemos um casal que é a personificação dessa trope literária!
Séries para quem amou Maxton Hall Bridgerton (3ª): O esperar da parte dois? Séries para você assistir no Dia das Mães As Melhores Trilhas Sonoras de Todos os Tempos Filmes de terror para assistir em maio 2024 FANFICS QUE VIRARAM FILMES PRODUÇÕES SOBRE FÓRMULA 1 A verdade sobre Bebê Rena Rota literária: conheça o aplicativo para leitores Top Filmes com ex-RBD FILMES DA TRILOGIA X DIRIGIDOS POR TI WEST Filmes originais da Netflix que são adaptações literárias Livros com o casal Ídolo e Fã! Filmes que são Dark Fantasy 6 livros da editora Intrínseca para o Dia Internacional da Mulher Histórias de Akira Toriyama Livros com o casal Grumpy x Sunshine FILMES DIRIGIDOS POR HAYAO MIYAZAKI NO STUDIO GHIBLI