...

A série Bridgerton, novo sucesso da netflix, foi baseada em uma sequência de livros. Composto por 9 títulos, a obra de Julia Quinn fez sucesso na adaptação e conquistou o coração de muita gente. A primeira temporada foca nos acontecimentos do livro Duque e Eu. Mas, como é de costume, alguns detalhes foram alterados. 

Saiba mais sobre Os Bridgertons e sua estreia na Netflix

Confira abaixo algumas diferenças (mas se atente porque contém spoilers):

A primeira diferença e que gerou certa polêmica foi a escolha de alguns atores pra série. O Duque de Hastings e sua família não possuem tom de pele negro nos livros, mas na série o ator Regé-Jean Page foi escalado. E é preciso dizer que o papel foi cumprido com maestria. Isso se deu porque os produtores da série quiseram inserir uma maior diversidade. Além do duque, Shonda Rhimes também colocou a atriz Golda Rosheuvel para viver a rainha em Bridgerton. Os roteiristas se inspiraram na Rainha Charlotte (1755 – 1818), que é considerada a primeira mestiça da família real britânica. O interessante é que há uma passagem durante um dos episódios que explica brevemente a família do duque ter chegado ao poder mesmo sendo negra. 

Atriz Golda Rosheuvel como rainha Charlotte na série Bridgerton.

Além da escolha dos atores, a série decidiu modernizar na trilha sonora. Confira aqui todas as músicas que tocam na série. 

No livro a família real não possui tanto destaque.  Já na série a rainha aparece bastante, é extremamente influente nos acontecimentos envolvendo a Daphne e podemos ver até a aparição do príncipe! 

Na história original, Daphne não é tão cobiçada. Ela não é considerada tão bonita, além de não ter sido avaliada pela rainha. Essa também não é sua primeira temporada. Apesar disso, a série a coloca como destaque, sendo preferida entre as jovens e a mais encantadora de todas. 

A personalidade de seus irmãos também é um pouquinho diferente. Originalmente, o irmão mais velho, Anthony, é extremamente dedicado ao título de visconde. Coloca sempre sua família em primeiro lugar e não possui dúvidas sobre querer seguir os passos do pai. É um libertino nato e não se apaixona. Benedict guarda segredo sobre seu talento em pintura e ninguém em sua família desconfia disso. Colin é extremamente bem humorado e solteiro. Na série, Anthony está apaixonado e cogita até largar tudo para ficar com a amada. Além disso, possui dúvidas sobre seus deveres como visconde. Benedict é bem aberto em relação ao seu dom, inclusive participando de festas onde pode exercer sua paixão na frente de outras pessoas. Já Colin, assim como Anthony, acaba se apaixonando durante a série.

Série Bridgerton: o Visconde e o Duque conversam.

Sobre o casal principal de Bridgerton: 

São bem maiores os desafios enfrentados pelos queridinhos da série – Simon e Daphne. A discussão sobre não poder ter filhos é a mesma, porém, quando Daphne descobre o que precisa ser feito para que a fecundação ocorra, se aproveita de um momento de embriaguez para conseguir o que deseja. Se sentindo traída por não possuir nenhum conhecimento sobre a vida conjugal, Daphne força o Duque a despejar sua “semente” dentro dela. A cena é bem mais intensa, fazendo com que o trauma de Simon retorne e algo parecido com um ataque de pânico toma conta do personagem ao perceber o que foi feito. É descrito como a gagueira volta com intensidade e ele não consegue fazer com que as palavras deixem sua boca, causando em si uma sensação de sufocamento.

A mesma cena na série foi amenizada, fazendo com que o duque sinta irritação e desconforto, porém não está bêbado e em estado de vulnerabilidade. Essa foi mais uma questão que foi atualizada para a nossa época, já que o livro foi escrito 20 anos atrás e não existiam tantas conversas e alertas sobre estupro. A série retratou bem um problema de 1813 sem acrescentar um estupro que acabou sendo romantizado no tempo em que foi escrito.

As cenas seguintes também sofreram alteração. No original, o casal se separou completamente e por bastante tempo. Na série eles apenas tentavam se evitar dentro do mesmo ambiente, mas o amor dos dois era bem visível, assim como a luta de ambos para fazerem as pazes e resolverem as diferenças.

Daphne descobre a gravidez após sofrer um acidente ao cair do cavalo. Já na série a protagonista fica menstruada durante um concerto. No fim, ao aceitar construir uma família, o casal tem três filhas meninas antes de um filho do sexo masculino nascer. Em Bridgerton vemos o primeiro filho do casal já sendo um menino.

Duque e a Duquesa de Hastings, na série Bridgerton.

A identidade de Lady Whistledown só é revelada aos leitores no quarto livro. Por mais que apenas nós, os telespectadores, ficamos cientes da revelação desse mistério, na obra original nós não fazemos nem ideia de quem seja. Eloise Bridgerton, que fica fissurada em descobrir quem está por trás das fofocas da cidade, não se interessa da mesma maneira no livro. Além de não existir pedido da rainha para que a dama se empenhe em sua investigação e a Lady seja descoberta.

Eloise, Violet e Hyacinth Bridgerton.

 

 

Séries para quem amou Maxton Hall Bridgerton (3ª): O esperar da parte dois? Séries para você assistir no Dia das Mães As Melhores Trilhas Sonoras de Todos os Tempos Filmes de terror para assistir em maio 2024 FANFICS QUE VIRARAM FILMES PRODUÇÕES SOBRE FÓRMULA 1 A verdade sobre Bebê Rena Rota literária: conheça o aplicativo para leitores Top Filmes com ex-RBD FILMES DA TRILOGIA X DIRIGIDOS POR TI WEST Filmes originais da Netflix que são adaptações literárias Livros com o casal Ídolo e Fã! Filmes que são Dark Fantasy 6 livros da editora Intrínseca para o Dia Internacional da Mulher Histórias de Akira Toriyama Livros com o casal Grumpy x Sunshine FILMES DIRIGIDOS POR HAYAO MIYAZAKI NO STUDIO GHIBLI